Agente penitenciário é diagnosticado com Covid-19 no Ceará

No último dia 7 de abril, a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) já havia confirmado a infecção de um preso. 

Legenda: De acordo com a SAP, o agente infectado atua na parte de vigilância do Complexo II, em Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza
Foto: Foto: NATINHO RODRIGUES

A Secretaria da Administração Penitenciária do Ceará (SAP-CE) confirmou neste sábado (18) o primeiro caso de agente penitenciário infectado pelo novo coronavírus no Ceará. A Pasta informou por nota que um servidor do Grupo de Ações Penitenciárias (GAP) testou positivo para Covid-19.

De acordo com a SAP, o agente infectado atua na parte de vigilância do Complexo II, em Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza, e não tem contato dentro das unidades com os internos. "A SAP também esclarece que o último plantão deste agente foi no dia 7 de abril e que todos os colegas que estiveram com ele realizaram testes para Covid-19. Os exames deram resultado negativo", disseram em nota.

No entanto, o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Ceará (Sindasp-CE) afirmou que 17 agentes tiveram contato com o infectado que trabalha no Grupo de Apoio Penitenciário (GAP) e dos 17, só quatro fizeram o teste, e não todos, como destacou a SAP. 

A reportagem do Sistema Verdes Mares apurou que um agente está hospitalizado há pelo menos três dias e realizou o primeiro exame para o novo coronavírus por conta própria. Nessa sexta-feira (17), a SAP chegou a informar que nenhum agente penitenciário havia testado positivo para a doença até aquele momento.

Há informação sobre outro agente penitenciário estar sob suspeita de Covid-19 e respirando com ajuda de aparelhos. Este seria da Casa de Privação Provisória de Liberdade Agente Elias Alves da Silva (CPPL IV), em Itaitinga.

Confirmação

Até este sábado (18), além do agente, há confirmação de um preso ter sido infectado. O caso foi confirmado no dia 7 de abril. O detento estava interno na Unidade Prisional Professor José Sobreira de Amorim, também em Itaitinga. Nesta semana, ele recebeu alta hospitalar e é considerado como curado da doença.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança