Ventania derruba árvores, bloqueia trânsito e causa queda parcial de energia em Sobral

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Enel atuaram nos bairros da cidade para conter os danos da chuva

Parque da Cidade
Legenda: Operação começou por volta de 15h30 e acontece em diversos bairros sobralenses; Registro do Parque da Cidade
Foto: Corpo de Bombeiros

Chuva forte e ventania causaram a derrubada de, pelo menos, 10 árvores em Sobral, na região norte do Ceará, onde também houve bloqueio do trânsito e queda parcial de eletricidade na tarde deste sábado (4). Equipes do Corpo de Bombeiros e da Enel atuam nos pontos afetados pelo fenômeno.

Os bombeiros foram acionados por volta das 16h30 e seguem em atendimento durante a noite para a remoção dos troncos - uma deles na Escola Maria do Carmo Andrade, no bairro Pedrinhas. “Uma ventania muito forte, que iniciou com a chuva, mas que continuou e acarretou na queda de árvores”, explica o tenente-coronel Roberto Moraes.

Os bairros atingidos, acompanhados pelos bombeiros, são Coração de Jesus, Alto da Brasília, Pedrinhas e Campo dos Velhos. "A equipe de salvamento ainda está trabalhando na remoção dessas árvores que caíram nas vias", frisa o tenente-coronel. Não há relatos de feridos durante a chuva.

Escola
Legenda: Equipe usa ferramentas como serras para remover os troncos que caem durante a ventania
Foto: Corpo de Bombeiros

Também foi registrada interrupção de energia, mas o restabelecimento foi feito para a maioria dos clientes, como informou a Enel Distribuição Ceará.

“A distribuidora esclarece que as equipes estão trabalhando no momento em casos de interrupções pontuais e uma equipe está a caminho do Parque da Cidade para substituir um poste de iluminação pública que quebrou na ventania”, acrescentou por meio de nota.

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) foi procurada para detalhar o fenômeno registrado em Sobral, mas não foi enviada resposta até a publicação desta reportagem.

O odontólogo Daniel Vidal, de 45 anos, voltava para o apartamento no bairro Junco quando notou o aumento da intensidade dos ventos com a chuva. “Na área do Parque da Cidade muitas árvores pequenas e grandes foram arrancadas. Foi um fenômeno localizado”, destaca.

Árvores
Legenda: Corpo de Bombeiros ainda faz levantamento de quantas árvores foram arrancadas pela ventania
Foto: Corpo de Bombeiros

O fornecimento de energia elétrica ainda está interrompido na casa de Daniel, mas não houve danos físicos causados pela chuva. “Eu moro aqui há 22 anos e, de certa forma, já vi acontecer. Teve um mês de novembro que um teto do shopping caiu. São realmente nas primeiras chuvas", compartilha.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará