Tradicional missa do Padre Cícero é suspensa; acesso ao túmulo do sacerdote está fechado

A celebração, que acontece todo dia 20 de cada vez, foi cancelada pela primeira vez na história

Legenda: Pela primeira vez em 85 anos, foi cancelada a tradicional missa do Padre Cícero, em Juazeiro do Norte
Foto: Foto: Edson Freitas

Pela primeira vez em 85 anos, foi cancelada a tradicional missa do Padre Cícero, que traicionalmente é realizada todo dia 20 de cada mês, às 6h, em Juazeiro do Norte. O largo da Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro amanheceu vazio nesta sexta-feira (20) e o acesso ao túmulo do sacerdote, dentro do templo religioso, foi fechado. A medida é para evitar o contágio do novo coronavírus. 

A celebração, que tem um público médio de 10 mil pessoas, segundo a Diocese de Crato, nasceu após a morte do Padre Cícero, no dia 20 de julho de 1934. Desde então, todo dia 20 a missa acontece aos pés do local onde o fundador de Juazeiro do Norte está sepultado. 

Além do cancelamento da missa, a Diocese de Crato suspendeu todos os atos litúrgicos (novenas, festas de padroeiros, procissões, vias-sacras, terço da misericórdia) desde a última quarta-feira (18). Os mutirões de confissões também estão suspensos.

Outros equipamentos alvos de visitação, como o Casarão do Padre Cícero (Museu Vivo), no Horto, a Casa Padre Cícero, na Rua São José, e o Memorial Monsenhor Murilo, na Basílica Santuário Nossa Senhora das Dores, estão fechados para visitação.  

Foto: Foto: Edson Freitas

A pandemia do novo coronavírus também cancelou a programação da Semana Padre Cícero, que aconteceria entre 20 a 24 de março, como também toda festividade do dia 24 de março, quando o sacerdote completa 176 anos de nascimento.  

Em nota, a Diocese orientou que os fiéis não realizem romarias neste período, participem de celebrações eucarísticas em suas próprias casas através dos meios de comunicação. As missas serão transmitidas pelas páginas das paróquias, nas redes sociais e rádio. Na Basílica Santuário Nossa Senhora das Dores às 6h e às 19h; no Santuário São Francisco das Chagas às 6h, 16h e 18h30; e no Santuário Sagrado Coração Jesus às 6h, 16h e 19h. 

Em Juazeiro do Norte, ontem (19), o prefeito Arnon Bezerra confirmou o primeiro caso de Covid-19 no município. Se trata de uma mulher de 63 anos que chegou de São Paulo, há dez dias, e está internada no Hospital Regional do Cariri (HRC). A paciente ainda não foi registrada pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesa). Outros sete pacientes são suspeitos. 


Categorias Relacionadas