Sobral adquire 4 mil testes e amplia detecção da Covid-19 para retorno gradativo às atividades

O Município já soma 10.324 pessoas contaminadas com o novo coronavírus e 284 óbitos

Legenda: O teste RT-PCR é indicado para sintomáticos por pelo menos sete dias. O quadro pode ser estendido até o décimo dia, a depender do caso.
Foto: Divulgação

O município de Sobral, na região Norte, adquiriu, nesta semana, 4 mil testes RT-PCR para identificação do novo coronavírus. O exame é feito a partir de secreções coletadas nas vias respiratórias, por meio de uma sonda ou swab (tipo de haste de plástico com algodões nas pontas). O RT-PCR é mais sensível em relação aos testes rápidos e consegue detectar o material genético do vírus com maior precisão. 

O Município já soma 10.324 pessoas contaminadas com o novo coronavírus e 284 óbitos.

Os dados são do último boletim da Prefeitura, divulgado nesta quinta-feira (31). Um total de 21.648 (10,3%) pessoas foram testadas para a doença. “É um número bem significativo se a gente faz um comparativo com outros municípios do País de porte parecido. O diferencial, em Sobral, é a ampliação da testagem com o RT-PCR em tempo real”, ressalta Marcos Aguiar, coordenador da Vigilância do Sistema de Saúde de Sobral e diretor geral do Hospital Dr. Estevam. 

Segundo o representante, “essa ampliação é fundamental e uma recomendação da Organização Mundial da Saúde” para o enfrentamento da doença.

“A partir do momento que a gente consegue identificar precocemente os casos com esse teste RT-PCR em larga escala, podemos fazer com que esse paciente consiga se isolar socialmente de forma mais eficaz e, se necessário, realizar precocemente a internação e tratamento, evitando complicações”, explica Aguiar. “Ampliar o número de testes é importante para uma retomada mais segura”.

“Só fortalece esse sentimento que o Sistema Único de Saúde é para todos e é por meio dele que estamos conseguindo enfrentar a pandemia de Covid-19”.

Testes realizados até o momento em Sobral (Prefeitura):

  • Total de testes: 21 648;
  • Testes Rápidos: 19.371;
  • Testes RT-PCR: 2.277.

Testes realizados até o momento no Ceará (IntegraSUS):

  • Total de testes: 461.444;
  • Testes Rápidos: 337.951;
  • Testes RT-PCR: 110.028;
  • Quimioluminescência: 6.691;
  • ELISA: 4.948;
  • Eletroquimioluminescência: 59.

Segundo Aguiar, o RT-PCR consegue identificar a Covid-19 em seu estágio inicial, aumentando as chances de cura do paciente.

“É um teste de biologia molecular que detecta os fragmento do genoma do novo coronavírus. É uma técnica com alta especificidade e sensibilidade, considerada padrão ouro no Brasil e no Mundo. Esse nível de sensibilidade identifica o material genético do vírus mesmo quando a carga viral do paciente é baixa. Por isso, é possível realizar o teste logo nos primeiros sintomas”. 

As amostras coletadas são enviadas a Fortaleza e, entre 48 e 72 horas, o teste chega ao paciente. Nesta semana, o governador anunciou que o Município contará com um laboratório para realização destas análises, o que deve diminuir este tempo. 

Veja o comparativo dos casos de Covid-19 em Sobral, entre junho e julho:

Julho

  • Em 30 de julho: 10.324 casos confirmados e 284 óbitos
  • Em 15 de julho: 9.276 casos confirmados e 266 óbitos
  • Em 01 de julho: 7.222 casos confirmados e 236 óbitos

Aumento de 42.95% no número de casos e 20.33% de óbitos (30 dias).

Junho

  • Em 30 de junho: 6.965 casos confirmados e 175 óbitos
  • Em 15 de junho: 4.314 casos confirmados e 266 óbitos
  • Em 01 de junho: 3.612 casos confirmados e 85 óbitos

Aumento de 92.82% no número de casos e 105.88% de óbitos (30 dias).

Testagem 

Em Sobral, o teste RT-PCR é indicado para sintomáticos por pelo menos sete dias. Este quadro pode ser estendido até o décimo dia, a depender do caso. Os testes foram iniciados nesta quarta-feira (29), no Hospital Dr Estevam. A unidade possui uma ala exclusiva para pacientes com a doença. Os pacientes são acolhidos nos 38 postos de saúde de Sobral e, depois, direcionados, por meio da Central de Regulação do Sistema Único de Saúde da cidade. 

Após isso, os pacientes realizam a testagem no Hospital Dr.Estevam, já com hora e data marcadas, para evitar aglomerações. A testagem está acontecendo de domingo a domingo. “Realizamos, em média, de 60 a 100 testes por dia. O objetivo é que, ao longo desses próximos 30 dias, a gente consiga ter um panorama da situação no Município para retornarmos com maior segurança”, avalia Aguiar.. 

Grupo indicado a fazer a testagem:

  • Pacientes sintomáticos respiratórios;
  • Pessoas em contato com casos positivos;