Programação virtual marca celebração da Semana do Meio Ambiente 2020 no Ceará

O evento é aberto ao público e transmitido nas redes sociais da Sema.

Meliponário, em Caucaia
Legenda: A experiência do Meliponário, em Caucaia, abriu a Semana do Meio Ambiente 2020. O objetivo do projeto é preservar a vegetação nativa por meio do manejo e conservação de abelhas nativas.
Foto: Foto: Divulgação/Sema

O Dia Mundial do Meio Ambiente é celebrado nesta sexta-feira (5) e diante do isolamento social devido a pandemia de Covid-19 e impossibilidade de realizar encontros presenciais, a Secretaria do Meio Ambiente (Sema) do Ceará está promovendo virtualmente a Semana do Meio Ambiente 2020.

O evento, aberto ao público e transmitido nas redes sociais do órgão, ocorre por meio de quatro transmissões ao vivo (lives) e um seminário virtual sobre Educação Ambiental, até sexta.

“O objetivo é buscar alternativas para as questões ambientais no período de isolamento e pós-isolamento social provocado pela quarentena, desenhando cenários e perspectivas futuras para o meio ambiente através da Educação Ambiental”, ressaltou o secretário do Meio Ambiente, Artur Bruno.

Os encontros são organizados pela Coordenadoria de Educação Ambiental (Coeas) e Coordenadoria de Biodiversidade (Cobio), ligadas à Sema, em parceria com as gestões das Unidades de Conservação (UCs) do Ceará, áreas protegidas por Lei que possuem características naturais relevantes. O objetivo das unidades é conservar a diversidade biológica e outros atributos naturais nestes espaços.

Preservação

Segundo o Painel Cadastro Estado de Unidades de Conservação (CEUC), da Secretaria do Meio Ambiente, o Ceará possui 89 UCs, sendo 28 estaduais, 12 federais e 12 municipais. Além disso, o Estado possui 37 unidades de conservação particulares.

Deste total, 68 são de Uso Sustentável (onde são permitidas atividades de exploração racional dos recursos naturais), e 21 de Proteção Integral (estações ecológicas, reservas biológicas, parques, monumentos naturais e refúgios de vida silvestre, segundo o Ministério do Meio Ambiente).

Este cenário faz com que o Ceará tenha, hoje, 7,780% de área protegida, sendo 119.537 ha em UCs estaduais, 976.131 ha em UCs federais e 46.417 ha em UCs municipais, segundo o Painel CEUC. Outros 15.846 ha protegidos por Lei são de áreas particulares.

 

Programação

Nesta segunda-feira (1º), a abertura do evento foi realizada com a experiência do Parque Estadual Botânico, em Caucaia. O bate-papo contou com a participação do apicultor Joaquim Saldanha, coordenador do projeto Meliponário Parque Escola, e do gestor do Botânico, George Feijão.

A mediação foi feita pela bióloga e técnica do Parque, Roberta Miranda. O Meliponário objetiva preservar a vegetação da área por meio do manejo e conservação de abelhas nativas.

Meliponário, em Caucaia
Legenda: O Dia Mundial do Meio Ambiente é celebrado nesta sexta-feira, dia 5 de junho.
Foto: Foto: Divulgação/Sema

“É um equipamento com infraestrutura, vasta diversidade de fauna e flora”, ressaltou Feijão, durante a transmissão. “Quando cuidamos das abelhas, estamos salvando o meio ambiente. O poder da abelha é transformador, quando ela não está presente, o espaço natural é tomado por insetos como o transmissor da Dengue”, destacou Saldanha, coordenador do projeto, em Caucaia. 

Durante a transmissão, internautas fizeram perguntas e puderam opinar sobre o tema. Nesta terça-feira (2), a transmissão traz o debate sobre “Práticas de Sustentabilidade: Reaproveitamento de Lodo Tratado na Produção de Mudas Nativas”. O início da 'live' está programado para às 10h.

Semana do Meio Ambiente

O Dia Mundial do Meio Ambiente é considerado a principal data das Organizações das Nações Unidas (ONU) para promoção da conscientização ambiental. A celebração é realizada anualmente, desde 1974. O tema de destaque deste ano é a Biodiversidade e a Colômbia sediará a data.

Tradicionalmente, a Sema realiza a Semana do Meio Ambiente no Ceará com atividades voltadas a conscientização e sensibilização da população sobre a importância de preservar o meio ambiente. Este ano, porém, por conta da pandemia, a comemoração foi adaptada ao formato virtual. 

Programação

Dia 1 de junho, às 10h: Meliponário Parque Escola: a experiência do Parque Estadual Botânico;

Dia 2 de junho, às 10h: Práticas de Sustentabilidade: Reaproveitamento de Lodo Tratado na Produção de Mudas Nativas e Compostagem Doméstica;

Dia 3 de junho, às 9h: Caça e tráfico de animais silvestres em Unidades de Conservação;

Dia 4 de junho, às 10h: A relação das lagoas interdunares com o turismo;

Dia 5 de junho, às 10h: Seminário “Educação Ambiental na pandemia e pós- pandemia”.