Menina que engoliu caroço de seriguela pode passar por nova cirurgia

Informação foi confirmada pela mãe da garota, Josefa Maria de Jesus, que está companhando a filha internada no IJF

Legenda: Menina de seis anos transferida para o IJF, em Fortaleza, após engolir caroço de seriguela na cidade de Barro, poderá passar por nova cirurgia.
Foto: Toni Sousa

A menina de seis anos que engoliu um caroço de seriguela mas teve diagnóstivo de Covid poderá passar por uma nova cirurgia para a retirada do objeto, segundo a mãe Josefa Maria de Jesus, que está no Instituto Doutor José Frota (IJF) acompanhando a filha. A criança foi transferida de helicóptero, na manhã desta sexta-feira (7), de Juazeiro do Norte para Fortaleza, depois de engolir um caroço na localidade de Engenho Novo, na cidade Barro. 

De janeiro a junho deste ano o IJF realizou mais de 1.200 atendimentos emergenciais de crianças e adultos que aspiraram algum tipo de objeto.

> Menina sente falta de ar, é levada ao hospital e família descobre caroço de seriguela, em Cedro

Ciopaer é acionada para remoção de paciente com tumor cerebral 

Paciente idosa com infarto é removida por aeronave do Ciopaer

De acordo com Maria Josefa, durante a primeira cirurgia os médicos não conseguiram retirar o objeto por completo. Então, na segunda-feira (10), o médico irá avaliar se a garota precisa passar novamento pelo procedimento. A mãe afirma ainda que a criança encontra-se entubada e o estado de saúde dela é estável.

Conforme Josefa, a filha começou a apresentar falta de ar na última segunda-feira (3), enquanto brincava com outras crianças em casa. A família levou a menina ao hospital e desconfiou que poderia ser Covid-19.

A menina foi transferida de Barro para Barbalha e em seguida encaminhada para o Hospital Regional do Cariri (HRC), em Juazeiro do Norte, onde foi submetida a uma tomografia.

Por causa da gravidade do problema, a criança foi transferida do Hospital Regional do Cariri (HRC) para o Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro da capital. O trajeto entre os dois municípios foi feito em uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer)

Segundo o médico Adriano Antunes, da Ciopaer de Juazeiro do Norte, depois da tomografia, foi observada uma estrutura ovalada sendo descoberto depois ser um caroço de seriguela.  "E foi evidenciado uma estrutura ovalada e depois, em conversa com a família, se descobriu com uma broncoscopia que era um caroço de seriguela". 

 

Você tem interesse em receber mais conteúdo da região do Ceará?