Em Juazeiro do Norte, programação celebra aniversário de 102 anos de Luiz Gonzaga

As homenagens incluem missa, exposição itinerante e apresentações de músicos da região

Aquela não foi uma sexta-feira comum no sertão. No dia 13 de dezembro de 1912, nascia, em Exu, o segundo dos nove filhos do casal Januário José dos Santos e Ana Batista de Jesus. Por ser dia de Santa Luzia, nomearam-no Luiz.

 

O Gonzaga foi sugestão do vigário da matriz. Já o último nome - Nascimento - devotava homenagens ao mês em que o menino viera ao mundo, o mesmo do nascimento de Jesus Cristo. Se estivesse vivo, o Rei do Baião completaria 102 anos neste sábado (13) de 2014.

 

Em Juazeiro do Norte, a programação comemorativa inclui uma missa em homenagem à Luiz Gonzaga, que será celebrada na Basílica de Nossa Senhora das Dores, às 19 horas. Quem comparecer poderá conferir também uma exposição itinerante inspirada na vida e da obra do cantor, além de apresentações musicais de artistas da região.

 

Nos seus 49 anos de carreira, Gonzagão cantou a alegria das festas juninas, compôs as tristezas da terra árida onde vivia e, acompanhado da sonfona, zabumba e triângulo, levou o forró pé-de-serra, o baião, o xote e o xaxado aos quatro cantos do País e do mundo. O homem faleceu no Recife em 2 de agosto de 1989, mas o mito permanece vivo, eternizado na obra consagrada como símbolo da cultura nordestina.

 

Relembre alguns sucessos de Luiz Gonzaga:

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará