Devotos participam da 1ª missa em homenagem ao Padre Cícero após reabertura, no Cariri

A Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro celebrou a missa de portas fechadas, mas os fiéis se reuniram do lado de fora para rezar e agradecer. A última celebração com público aconteceu há seis meses

Legenda: Segundo a assessoria, mesmo do lado de fora, o público foi bem menor do que o habitual.
Foto: Roberto Bulhões

No primeiro dia 20 após autorização do funcionamento das igrejas em Juazeiro do Norte, no Cariri, devotos se reuniram em frente à Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro para rezar pela alma do Padre Cícero. No local, está o túmulo do santo popular, que atrai milhares de fiéis, principalmente aos dias 20 de cada mês, que marca o falecimento de Cícero, em 1934.

As celebrações presenciais estavam proibidas desde março deste ano por conta da pandemia do novo coronavírus.

 

Mesmo do lado de fora, a assessoria da Basílica Santuário informou ao Sistema Verdes Mares que o público esteve reduzido a 50% do habitual. Também foi verificado o uso de máscaras de proteção. Segundo o IntegraSUS, da Secretaria da Saúde (Sesa) do Ceará, atualizado ontem (20), o Município soma 14.905 casos confirmados da doença e 275 óbitos desde o início oficial da pandemia no Estado. 

Inicialmente, a missa seria campal, mas a Basílica preferiu realizar a cerimônia de portas fechadas como medida protetiva. “Apesar do decreto possibilitar a participação de 50% dos fiéis nas celebrações religiosas, enquanto Basílica, optamos em realizar essa tradicional missa dentro da Capela e não campal, como era de costume até antes do início da pandemia. Fizemos isso para evitar aglomeração”, informou a assessoria.  

“Dentro da Igreja, tínhamos os membros da equipe de liturgia, do setor de comunicação da Basílica e da TV Padre Cícero que, somando, não dava os 50% de sua capacidade. É importante ressaltar que as celebrações, desde o início da pandemia, acontecem, mas de forma virtual. Sempre divulgamos pedindo para o pessoal acompanhar de suas casas”. 

Legenda: Dentro da Igreja, ficaram os membros da equipe de liturgia, do setor de comunicação da Basílica e da TV Padre Cícero.
Foto: Roberto Bulhões

O anúncio foi feito durante a semana e a missa foi transmitida pela internet.

A Eucaristia foi presidida pelo pároco e reitor da Basílica Santuário Nossa Senhora das Dores, Padre Cícero José da Silva, e celebrada pelo vigário paroquial, Padre Paulo Borges. “Hoje nós rezamos, lembrando a memória do Padre Cícero Romão. Quando nós olhamos para o seu testemunho, constatamos que viver a justiça, a partir do amor ao próximo, foi uma virtude”, ressaltou, na cerimônia, Padre Cícero. 

Celebrações

As celebrações religiosas com a presença de fiéis foram liberadas, nas 57 paróquias da Diocese de Crato, que inclui a Basílica de Nossa Senhora das Dores, em 16 de setembro. As missas devem estar limitadas a 50% da capacidade, observando medidas de segurança, como o distanciamento entre cada participante, uso de máscaras e disponibilidade de álcool em gel no local.  

A Basílica de Nossa Senhora das Dores destaca que as pessoas de grupo de risco devem seguir acompanhando a programação pela TV Web Mãe das Dores, em casa. Os fiéis que desejam participar das celebrações nos finais de semana deverão se inscrever na Secretaria de Basílica. Na Capela do Socorro, aos sábados (às 17h) e domingos (6h e 17h), a missa é campal, sem necessidade de inscrição. 

Legenda: A organização optou por realizar a tradicional missa dentro da Capela e não campal, como era de costume.
Foto: Roberto Bulhões

Fase 4

A macrorregião do Cariri está na fase 4 do processo de reabertura. Em decreto publicado no Diário Oficial do Estado de ontem (20), o governo autorizou algumas atividades, como de academias, clubes e estabelecimentos similares, "desde que restrito o funcionamento a 30%". Também poderão ocorrer cerimônias religiosas, com ocupação total e uma pessoa por cada 7 metros quadrados.

“Atendidas as medidas de segurança definidas em protocolo específico para a atividade”, destaca o texto do decreto.

O funcionamento do comércio passa a ser de 9h às 17h, com exceção dos postos de gasolina, que retornarão ao funcionamento em horário normal

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará