Covid-19: Juazeiro vê casos quase dobrarem em 10 dias e ultrapassa a marca dos mil infectados

Agora, a terra do Padre Cícero faz parte do grupo de municípios cearenses acima de mil casos do novo coronavírus, lista que inclui Fortaleza, Sobral, Caucaia, Maracanaú, Itapipoca, São Gonçalo do Amarante, Quixadá, Maranguape, Eusébio e Acaraú

Em apenas dez dias, Juazeiro do Norte saltou de 571 para 1.127 casos da Covid-19. Agora, a terra do Padre Cícero faz parte do grupo de municípios cearenses acima de mil casos, lista que inclui Fortaleza, Sobral, Caucaia, Maracanaú, Itapipoca, São Gonçalo do Amarante, Quixadá, Maranguape, Eusébio e Acaraú. A preocupação com o crescimento motivou a ampliação de unidades de teste rápido e um rigor maior na fiscalização na maior cidade do interior do Estado. 

Ontem (15), o Município confirmou seu 33º óbito, após a morte de mulher de 82 anos, que tinha doença cardiovascular e problema neurológico crônico. Atualmente, dos 1.127 casos confirmados, 30 estão hospitalizados e 568 em isolamento domiciliar. Já 496 pessoas já estão recuperados. Por outro lado, há 40 casos suspeitos. 

Ainda na última segunda-feira, começaram a funcionar as quatro unidades de testagem para Covid-19, em diferentes bairros da cidade, ampliando e descentralizando os exames que aconteciam, apenas, na unidade sentinela. Lá, a média era de 200 testes rápidos realizados por dia.

“Isso desafogará a Unidade Sentinela. A quantidade, em média, poderá aumentar um pouco, mas isso de acordo com a demanda e os critérios de realização dos testes”, enfatiza a diretora de Vigilância em Saúde, Evanusia de Lima.

As unidades estão na Rua Vereador Antônio Braz, no bairro Limoeiro; em frente ao CRAS do bairro Frei Damião; na Rua Monsenhor Esmeraldo, próximo à Igreja dos Franciscanos; e na Avenida Leandro Bezerra com Rua Santa Rosa, próximo ao Memorial Padre Cícero. O funcionamento acontece de segunda à sexta-feira, de 8h às 11h e de 14h às 17h.

Para realizar o teste é preciso apresentar RG, CPF, cartão do SUS e comprovante de endereço ou o cartão da família. Se o teste der positivo, o paciente será encaminhado para avaliação médica.

Evanusia destaca que a realização de teste rápido obedece a alguns critérios. O principal deles é que o exame só indicado a partir do oitavo dia do início dos sintomas, como febre, tosse seca e cansaço ou, a partir do oitavo dia de contato intradomiciliar com um caso positivo.

“A ansiedade da população é querer ser testado, mas testar sem critérios, pode ocorrer um problema maior: ter resultados falsos negativos”, explica. 

Preocupação 

O presidente da Associação dos Municípios do Ceará (Aprece), Nilson Diniz, pondera que apesar da região do Cariri, em números absolutos, ter menos casos que Sobral (4.314), a rapidez com que vem avançando a doença deixa as autoridades a população em alerta. “Não é só a quantidade, mas a dinâmica da transmissão. Em pouco tempo, triplicou”, pontua.

Por isso, foi convocada uma reunião, na última semana, entre os gestores dos municípios e o secretário de Saúde do Estado, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho, o Dr.Cabeto, para discutir ações.  “Minha parte é alertar essa preocupação nossa e mostramos. Agora, vamos fazer o acompanhamento durante essa semana, mantendo as restrições e ver se será tomada alguma decisão mais rígida”, antecipa Diniz. 

Fiscalização 

Para fortalecer as medidas de prevenção contra o novo coronavírus, a Vigilância Sanitária de Juazeiro do Norte, em parceria com a Polícia Militar, tem realizado rondas noturnas em diversas localidades do Município.

 

“Estamos intensificando as fiscalizações de combate à Covid-19 em nosso município. A fiscalização noturna acontece com o propósito de verificar estabelecimentos que estejam descumprindo o decreto estadual, bem como o decreto municipal”, explica o coordenador da Vigilância Sanitária, David Marrom.

Durante as fiscalizações noturnas, estão sendo fechados bares, lanchonetes e restaurantes que não estejam cumprindo os decretos.

Além disso, são repassadas as orientações e adequações necessárias ao funcionamento desses estabelecimentos na modalidade de delivery ou de drive-thru, como uso de máscara obrigatório por todos os colaboradores, uso do álcool gel para higienização das mãos e das caixas de transporte dos alimentos.