Bombeiros de Iguatu resgatam 26 animais de incêndio; alguns não sobreviveram

Ao todo, foram 22 gatos e quatro cães que estavam em um quarto vizinho ao cômodo atingido pelas chamas. Todos apresentaram quadro de intoxicação pela fumaça

Legenda: Os animais estavam em um cômodo da residência que foi consumida parcialmente pelo fogo
Foto: VcRepórter

O Corpo de Bombeiros da cidade de Iguatu resgatou 26 animais, todos intoxicados, durante um incêndio em uma residência. Ao todo, foram 22 gatos e quatro cães, que inalaram muita fumaça — a maioria estava desacordado e alguns filhotes não sobreviveram. A coorporação não preciso, no entanto, quantos morreram.

O dono da residência, localizada na Rua Mário Alves, no bairro Alto do Jucá, responsável pelos animais, não estava em casa durante as chamas. O incêndio ocorreu na noite da quinta-feira (10), mas a ocorrência foi divulgada na manhã deste sábado.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu conter rapidamente as chamas, que começaram em um dos quartos, atingindo colchão, ventilador, aparelho de som e um computador. 

“Acreditamos que foi causado por um circuito elétrico, pois, havia muitos aparelhos ligados”, observa sub-tenente do Corpo de Bombeiros, Alcântara Neto.  

Durante a vistoria no restante do imóvel, cujo teto apresentava risco de cair, os agentes encontraram os animais no quarto vizinho, onde a fumaça havia invadido. “A gente viu que já não conseguiam levantar. Jogamos uma oxigenação para eles, mas alguns, mais novos, infelizmente não sobreviveram”, narra Alcântara.  

O proprietário do imóvel, que não foi localizado por nossa reportagem, foi orientado pelo Corpo de Bombeiros "a banhar os animais e contratar um veterinário para acompanhá-los". 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará