Aracati fortalece a gastronomia

O Festival do Camarão de Aracati acontecerá de 27 a 29 de julho, na praia de Quixaba, Litoral Leste do Estado

Aracati As comunidades litorâneas vivem comumente da pesca, e para que a produtividade à base de camarão tenha respeito e notoriedade, acontecerá em julho mais um Festival do Camarão de Aracati, na Praia da Quixaba. O produto é a base do rendimento familiar da comunidade praiana, que comercializa para barracas e restaurantes. O camarão na Vila da Quixaba é pescado da forma artesanal, geração após geração de pescadores. O evento tem o Sistema Verdes Mares como parceiro.

A comercialização de camarão é o que mantém cerca de 90% das famílias da Vila de Quixaba, em Aracati. O lugar pode não ser tão conhecido quanto as vizinhas Majorlândia e Canoa Quebrada. Mas é de lá que saem parte dos camarões que vão para as barracas de praia e os restaurantes. E como são famosas internacionalmente as barracas de praia em Aracati, mais se destaca a importância dos pescadores artesanais de camarão.

"O festival deu uma nova visão para a comunidade. Por meio desta iniciativa, foram criadas oficinas de dança, teatro, kung-fu, além de mudanças de valores. O próprio nativo está cada vez mais disposto a se especializar nas áreas, em investimento profissional, como nos cursos gastronômicos e outros que são implantados na comunidade", afirma Jacqueline Gomes, organizadora e idealizadora do Festival do Camarão da Quixaba. Ela acrescenta que o evento cultural e econômico tem contribuído com o engajamento maior das crianças e dos adolescentes em atividades culturais, até para que possam ser apresentadas à própria comunidade.

Caravana

O 3º Festival de Camarão de Aracati acontecerá de 27 a 29 de julho. Nas noites acontecerão as etapas do concurso gastronômico. São cozinheiras e chefs de cozinha da própria comunidade que criam pratos à base de camarão. O evento ainda tem a participação dos serviços prestados durante a Caravana da TV Diário, que esteve nas duas edições anteriores. O camarão é o sustento da família de Regina Célia, esposa de pescador e que, com outras mulheres, produz o filé de camarão que é vendido nas barracas de praia de Aracati. "É o nosso ouro", ela conta. A atividade é maior entre os meses de janeiro e setembro. Em época de pesca boa, os produtores faturam mais de um salário, cada.

O evento também é uma oportunidade para atrair novos turistas. E assim surgem visitantes do vizinho Estado do Rio Grande do Norte. Ainda são prestados serviços de cidadania, como inscrição para retirada de carteira de trabalho; serviços de saúde, como verificação de pressão, distribuição de preservativos e dicas de combate à dengue.

Mais informações:

3º Festival do Camarão de Aracati, Praia da Quixaba
Jaqueline Gomes
(85) 9626.8665

MELQUÍADES JÚNIOR
REPÓRTER
Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará