Bolsa Protetor: Sarto envia para Câmara projeto que auxilia cuidadores de pets abandonados

Valor ainda não está definido, mas deve ser oferecido mensalmente a cuidadores e instituições que acolhem animais abandonados e vítimas de outras violências

Cachorros em abrigo
Legenda: Proposta visa ajudar cuidadores de animais abandonados
Foto: Wandenberg Belém

O prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), enviou nesta terça-feira (24) para a Câmara Municipal um projeto de lei para oferecer auxílio financeiro mensal a pessoas e instituições que acolhem animais abandonados e vítimas de outras violências na Capital.

O 'Bolsa Protetor', como é chamado o programa, compõe o Plano Municipal de Proteção e Bem-Estar Animal, que tem mais de 100 artigos, e foi uma das promessas do gestor enquanto candidato a prefeito, em 2020.

"Nós sabemos que existem várias pessoas que cuidam voluntariamente daqueles animais que são, por vezes, machucados, agredidos, abandonados, e essas pessoas tomam conta deles por vocação, bem-querer, por gostar de animais", argumentou Sarto em transmissão ao vivo no Instagram. Ele estava ao lado do presidente da Câmara, o vereador Antônio Henrique (PDT), e do secretário de Proteção Animal, Marcel Girão.

O valor do auxílio ainda não está definido e deve, antes, passar pela análise dos parlamentares municipais. Tão logo o projeto seja aprovado e sancionado pela prefeitura, será feita uma seleção pública para pessoas e instituições interessadas.

Transporte de pets


Outro destaque feito pelo prefeito na tramissão foi que animais domésticos de pequeno porte vão poder ser levados sem empecilhos no transporte público da Capital, desde que no período entre 10 horas e 15h, e devidamente acomodados em caixas especiais. "Fortaleza é uma cidade 'pet friendly'", garantiu o prefeito.

Nas redes sociais, Marcel Girão destacou que o projeto de lei se trata "do maior conjunto de leis específicas sobre proteção animal doméstica e silvestre" da Cidade e agradeceu à colaboração de outros políticos como o deputado federal Célio Studart (PSD).