Sagrada escritura

Escrito por Gonzaga Mota ,
Prof. Aposentado da UFC
Legenda: Prof. Aposentado da UFC

A Bíblia, conforme estudiosos, é o Livro mais vendido de todos os tempos, todavia, não sabemos se é o mais lido e interpretado. Consideramos o Texto mais sábio da literatura universal. É formado por centenas de páginas, escritas sob inspiração divina, abrangendo o Antigo Testamento (escrito antes de Cristo- mostrando a história do mundo) e o Novo Testamento (escrito depois de Cristo- apresentando os ensinamentos de Jesus).

Todos os Livros bíblicos destacam a importância das análises teológicas, sendo um convite à reflexão. Existem estudos controversos, no entanto, para nós, a Bíblia é a palavra de Deus. É bom salientar que a Sagrada Escritura não pertence aos estudiosos, mas ao povo. As verdades divinas, que constam e se manifestam na Sagrada Escritura, se consignaram por inspiração do Espírito Santo. Acreditamos que a Bíblia Sagrada não se destina somente à leitura, mas principalmente, à oração e à reflexão. Os ensinamentos contidos são vários, no entanto, poderemos resumi-los em uma só expressão: “amar a Deus e ao próximo como a si mesmo”.

A exegese bíblica não é fácil, pois os livros foram escritos em várias épocas e em muitos lugares, por pessoas distintas e em línguas diferentes. Sendo a Bíblia um Livro de difícil entendimento e interpretação surgiram, ao longo do tempo, conflitos entre ciência e religião, sanados, quase sempre, com a harmonização da fé e da razão. Ademais, dentro de um sentimento ecumênico, o importante é que as mensagens bíblicas orientem todos nós, pois o SENHOR é o nosso Pastor. Gostaríamos, por fim, de lembrar uma frase constante de um dos sermões do padre Antônio Vieira: “Semem est verbum Dei” (A semente é a palavra de Deus). P.S.- “É minha fé na Bíblia que me serviu de guia em minha vida moral e literária. Quanto mais a civilização avançe, mais será empregada a Bíblia.” (Kant)

Gonzaga Mota é professor aposentado da UFC

Jornalista e senador constituinte
Mauro Benevides
11 de Julho de 2024
Jornalista
Gilson Barbosa
07 de Julho de 2024
Professor aposentado da UFC
Gonzaga Mota
05 de Julho de 2024