Visitantes antecipam ida ao cemitério para evitar aglomerações no Dia dos Finados, em Fortaleza

População segue orientações da Prefeitura para minimizar chances de contágio de Covid-19

Medição de temperatura e álcool para os visitantes na entrada do cemitério São João Batista, no Centro.
Legenda: Medição de temperatura e álcool para os visitantes na entrada do cemitério São João Batista, no Centro.
Foto: Marina Alves

Devido à pandemia do novo coronavírus, familiares e amigos optaram por visitar os túmulos de entes no cemitério, em Fortaleza, antes do Dia dos Finados, celebrado nesta segunda-feira (2). O público, até então, segue as recomendações da Prefeitura Municipal, que orientou para a ida antecipada a fim de evitar aglomerações nos cinco cemitérios públicos durante o feriado próximo. 

A enfermeira Ivoneide Oliveira foi uma das pessoas que decidiram antecipar a ida ao cemitério para este sábado (31). “Antecipei porque estou com medo de que possa haver aglomeração. As pessoas não deixaram de vir visitar seus mortos”, diz.

Visitando o túmulo da filha no cemitério São João Batista, no Centro, a enfermeira comenta que o local está seguindo o protocolo de saúde. “Está entrando, aos poucos, pequenos grupos, sem aglomeração e bem vigiado. Espero que isso se mantenha durante os outros dias”. 

Funcionária da capela do Cemitério São João Batista, no Centro, há 16 anos, Regina Maria Fernandes fala que a visitação está ocorrendo de forma organizada desde a sexta-feira (30). “Pela observação que estamos tendo, não vem todo mundo no dia de finados. Está bem organizado e dividido entre os quatro dias”. 

Regina reforça que, mesmo com a visitação aos túmulos autorizada, não haverá nenhum tipo de celebração.  “A capela também não tem estrutura para receber muita gente. O padre Targino, nosso capelão, organizou tudo para que haja segurança para o povo e para nós também”, afirma.   

Calçadas vazias, sem os tradicionais ambulantes, na frente do cemitério São João Batista, nesta manhã de sábado (31)
Legenda: Calçadas vazias, sem os tradicionais ambulantes, na frente do cemitério São João Batista, nesta manhã de sábado (31)
Foto: Marina Alves

Além disso, a funcionária também sugere que pessoas do grupo de risco para a Covid-19 evitem ir aos cemitérios. “O mês de novembro é dedicado aos entes que já se foram. Pode vim visitar quando não tiver esse grande número de pessoas”, pondera. 

Movimentação

Além do cemitério São João Batista, a equipe do Sistema Verdes Mares esteve, durante a manhã deste sábado (31), no cemitério Jardim Metropolitano, no Eusébio. A movimentação estava tranquila em ambos os locais, com aferição de temperatura e higienização das mãos com álcool em gel. 

O cemitério Jardim Metropolitano não vai estar aberto para visitação durante o Dia de Finados.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza