Seleção para agentes escolares é lançada em Fortaleza com 1,3 mil vagas

Aprovados irão fazer busca ativa de alunos e acompanharão a gestão escolar. Salários serão de R$ 1.050

Prefeito anunciou medidas em live nesta quarta-feira (28)
Legenda: Prefeito anunciou medidas em live nesta quarta-feira (28)
Foto: Reprodução/Facebook

Novas ações para a retomada escolar foram divulgadas pela prefeitura de Fortaleza, na manhã desta quarta-feira (28). O prefeito Sarto Nogueira anunciou o lançamento de um edital para contratação de agentes escolares na rede municipal de ensino. Ao todo, serão 1.300 vagas, com salários de R$1.050.

As aulas presenciais da rede pública municipal de Fortaleza serão retomadas a partir de 8 de setembro. Em transmissão, o prefeito explicou que os selecionados deverão compor alguns quesitos como ter concluído o ensino médio e ser das comunidades estabelecidas pela Secretaria Municipal da Educação de Fortaleza (SME).

Veja transmissão:

O agente escolar irá promover a integração dos alunos, identificar possíveis situações de abandono escolar e apoiar a gestão na rotina escolar. Eles também acompanharão o processo de cumprimentos dos protocolos sanitários no retorno presencial.

O retorno será escalonado e gradual. Portanto, nesta primeira etapa, começam os alunos das séries finais da educação infantil e iniciais do Fundamental I. As escolas funcionarão com 50% da capacidade e de forma híbrida. 

Rastreamento da Covid-19 nas escolas

Ainda na transmissão, o prefeito detalhou que as 581 unidades escolares sob gestão da prefeitura foram revisitadas e passaram por um vigoroso processo de protocolos sanitários. Ao mesmo tempo, a SME segue em acompanhamento das escolas.

Para seguir com as medidas de segurança com mais vigor, a capital também lançou o sistema "Rastreio Covid-19". A plataforma conta com apoio da Organização Mundial de Saúde (OMS) e da Iniciativa Bloomberg.

O objetivo do sistema é monitorar casos positivos da Covid-19 na rede municipal de educação e rastrear os que tiveram contato com os infectados. A plataforma também tentará evitar novas ondas de transmissão da doença, além da coleta de dados para tomada decisões. 

Tablets serão distribuídos

Outra novidade anunciada é que Fortaleza está comprando mais 28,5 mil tablets para distribuição nas escolas municipais.

Com mais 21,5 mil equipamentos já adquiridos, a soma de investimento é orçada em R$27 milhões no uso da tecnologia no ensino híbrido — aulas em casa e na escola.

O município também adquiriu 242 mil chips com 20 GB cada para que os alunos possam acompanhar as transmissões de aulas. 

 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza