São João do Ceará Solidário lança campanha de apoio à Santa Casa

Promovido pelo Sistema Verdes Mares, evento tem meta de conseguir 300 mil cadastros em site da iniciativa que alia os festejos juninos às necessidades da sociedade

Legenda: Programação de shows e de incentivo à solidariedade vai ao ar aos domingos
Foto: Foto: Thiago Gadelha

O maior São João de capital do Brasil neste ano está com programação 100% digital e, além de manter vivas as tradições culturais, tem como objetivo mobilizar a população em apoio à Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza. Para contribuir com a ação solidária não será preciso efetuar doação em dinheiro, bastando o cadastro pessoal no site da campanha São João do Ceará Solidário Dendi Casa, promovida pelo Sistema Verdes Mares (SVM).

A ação busca reunir 300 mil apoiadores para desbloquear a doação que contribuirá com a reforma da Santa Casa. Os participantes apoiadores da mobilização além de serem citados em um caderno especial do Diário do Nordeste, também terão seus nomes na placa de homenageados que será instalada na Santa Casa, após a reforma das instalações. Para acessar o site, basta apontar a câmera do celular para o código que aparece nesta página. O QR Code ficará disponível durante a transmissão dos shows na TV e na internet.

Para o diretor comercial do SVM, Erick Picanço, o momento mostra a necessidade de ajuda ao próximo e de valorização à promoção de saúde. O SVM entra nessa campanha como engajador social e ponte entre instituições e sociedade. "Nós usamos a nossa força no sentido de atrair empresas que quiserem ajudar à Santa Casa. O nosso QR Code, diferentemente dos outros, não pede dinheiro. Só pede que você dê o seu coração e o seu amor. Você apoia a causa para que essas empresas façam a doação", explica.

A programação do São João do Ceará Solidário Dendi Casa reúne artistas do forró em apresentações sem público que vão ao ar durante todos os próximos domingos de junho na TV Diário e nas redes sociais do Sistema Verdes Mares, a partir das 18h. A estreia do formato digital aconteceu no último fim de semana.

Santa Casa

Primeira unidade hospitalar da Capital, a Instituição hoje presta serviço aos cearenses por meio do Hospital da Santa Casa, localizado no Centro e do Hospital Psiquiátrico São Vicente de Paulo, no bairro Parangaba. "A gente vive permanentemente com déficit no caixa e ele tem que ser coberto por meio de doações e de outros convênios que a gente faz, independentemente do SUS", relata Dr. Luiz Marques, provedor da Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza. Segundo Marques, o repasse do Sistema Único de Saúde (SUS) cobre apenas 65% das despesas da unidade hospitalar.

"Atendemos aquela classe mais necessitada, pacientes que, às vezes, não têm outro hospital para recorrer", destaca o provedor da Instituição. "O lema da Santa Casa é sempre manter as portas abertas, então a gente sempre sofre com essa superlotação".

A trajetória e o volume de prestação de serviço ao público com idade avançada foram fatores para a escolha da Instituição na campanha. "É um momento de pandemia, a saúde é um problema, os idosos são os mais afetados e a Santa Casa consegue acolher esse público. Além de ter credibilidade e um histórico correto, de ser empresa gerida por pessoas muito sérias", destaca Picanço.

"Um evento como este do Sistema Verdes Mares é de uma importância muito grande. Vai proporcionar uma doação substancial e vai servir como indutor para que outras organizações da nossa cidade possam ajudar", comemora Luiz Marques.