Público da 3ª fase começa a ser vacinado contra a Covid em Fortaleza: "um presente inenarrável"

Primeiro dia da nova etapa da imunização ocorre no Centro de Eventos

Escrito por Redação,

Metro
Profissional de saúde segurand seringa com vacina no Centro de Eventos
Legenda: Primeira etapa da 3ª fase deve vacinar 2,8 mil pessoas nesta quarta.
Foto: Thiago Gadelha

O presente do analista financeiro Luís César Ribeiro, 59 anos, veio um dia mais cedo: ele recebeu a primeira dose da vacina AstraZeneca/Oxford nesta quarta (7), por estar incluído na 3ª fase da imunização contra a Covid-19. "Eu sempre falei que meu presente seria a vacina, e Deus me escutou", afirma com alegria. "Um presente inenarrável".

Seu Luís César, que completa 60 anos nesta quinta-feira (6), é um dos agendados da primeira etapa da 3ª fase da imunização contra o coronavírus, iniciada em Fortaleza nesta quarta. Na etapa atual, serão vacinadas pessoas com comorbidades, deficiências permanentes, grávidas e puérperas.

Com problema de hipertensão arterial na fase 2, Luís César teve a confirmação do agendamento na noite dessa terça (4), enquanto procurava seu nome na lista da Prefeitura, tendo recebido também o alerta por meio do WhatsApp. "Tava muito ansioso, confiante em Deus na certeza de que tudo ia dar certo na hora certa", diz, acrescentando que não teve "essa peste".

"Tô muito feliz. Espero que não só eu, mas todas as outras pessoas, independente da idade, consigam esse privilégio que é tomar a vacina e evitar a tristeza que está imperando no nosso País".

A filha dele, a nutricionista Lívia Façanha, chorou de alívio e emoção após o pai receber a primeira dose. Já vacinada por ser profissional da saúde, ela agora aguarda a imunização da mãe, marcada para esta tarde. "Eles são nossa maior preocupação", comenta.

Legenda: Vacinação no Centro de Eventos ocorre em drive-thru e nas salas de acolhimento.
Foto: Fabiane de Paula
Legenda: Pessoas que tenham outros meios de transporte aguardam em fila para sala de acolhimento.
Foto: Fabiane de Paula
Legenda: Vacinação nas salas ocorre nos salões Jericoacoara e Taíba.
Foto: Fabiane de Paula
Legenda: Gestantes com comorbidades são vacinadas já a partir desta quarta.
Foto: Fabiane de Paula

O empresário Manuel Queiroz, 59 anos, também é um dos agraciados com a primeira dose nesta quarta. Com hipertensão, ele relata que a sensação de receber o imunizante é de alívio e alegria.

"A gente fica ansioso, né, que chegue a data, e graças a Deus a gente tá tendo hoje essa sorte de tomar essa vacina, a primeira dose", afirma, acrescentando que aguardou com ansiedade e tomando todos os cuidados contra a doença. "Tomara que venha logo mais rápido a segunda dose. Espero que chegue a todos bem rápido".

Vacinação da 3ª fase

Conforme Erlemus Soares, coordenador da rede de Atenção Primária e Psicossocial da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e da imunização em Fortaleza, serão vacinados, na primeira etapa da 3ª fase:

  • Pessoas de 59 a 55 anos começando por cardiopatias;
  • Gestantes de 18 anos ou mais com alguma comorbidade (não necessariamente cardiopatia; pode ser diabetes ou obesidade);
  • Pacientes com síndrome de Down;
  • Puérperas com comorbidades.

Hoje, "praticamente todos" os vacinados são pessoas com cardiopatia com 59 anos, segundo o coordenador. "A gente vai avançando, com 58, 57, 55, aí a gente volta pra 59 e vai pro segundo lá do grupo prioritário, que é diabetes", explica, indicando que a vacinação só avançará para a próxima comorbidade quando as cerca de 17 mil pessoas autodeclaradas cardiopatas forem imunizadas.

A partir desta quinta (6), de acordo com Erlemus Soares, pessoas com deficiência permanente que recebam Benefício de Prestação Continuada (BPC) também receberão a vacina, que pode ser da AstraZeneca ou da Pfizer, ambas com três meses (90 dias) de prazo para o reforço.

Ele também alerta que, no ato da vacinação, é necessária, além de documento de identidade e comprovante de residência, a apresentação de um atestado ou prescrição médica indicando a comorbidade, que tem de seguir o modelo padrão disponível no site da Prefeitura.

"Por exemplo, uma hipertensão grau 1, sem lesão de algum órgão, ela não entra nesse momento", pontua. A declaração deve ser assinada e carimbada pelo médico.

Gestantes, por sua vez, precisam trazer, além da declaração do médico, o cartão de pré-natal. "A gente só vai concluir essa fase e avançar para as gestantes sem comorbidades quando a gente concluir as que declararam comorbidade", sinaliza Erlemus Soares, indicando que a população só procure a vacina caso esteja agendada.

"Não pode um paciente chegar aqui hoje sem agendamento, que é importantíssimo", ressalta, apontando que 2,8 mil pessoas estão agendadas para a 3ª fase nesta quarta, que acontece exclusivamente no Centro de Eventos. A vacinação da 2ª fase ocorre nos quatro Cucas e nos três drive-thrus (shoppings RioMar Kennedy e Papicu e Arena Castelão).