Polícia fecha 45 estabelecimentos por descumprimento de decreto em 1º dia de lockdown em Fortaleza

Ao todo, foram fiscalizados 123 espaços públicos e 96 estabelecimentos comerciais pelo órgão durante o período de isolamento rígido na capital

Legenda: Grupo de jovens em praça na Barra do Ceará são dispersados por agentes da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF), após o Núcleo de Videomonitoramento da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) verificar a ocorrência
Foto: SSPDS

Após o novo decreto determinando lockdown em Fortaleza, a fiscalização de espaços públicos e comerciais foi intensificada com o objetivo de verificar o cumprimento das novas medidas. Nessa sexta-feira (5), durante o primeiro dia com as medidas mais rígidas na Capital, a Polícia Militar do Ceará (PMCE) fiscalizou 123 espaços públicos e 96 estabelecimentos comerciais, precisando fechar temporariamente 45 destes locais devido ao desrespeito das medidas. 

Já a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) realizou 17 fiscalizações em propriedades públicas e privadas na sexta-feira (5). Na operação, foi emitido um auto de infração e realizada a apreensão de paredão de som no bairro Jangurussu. “Nos demais locais fiscalizados não foram constatadas irregularidades”, aponta o órgão, em nota. 

Além disso, os operadores do Núcleo de Videomonitoramento da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) também realizaram o trabalho de verificar o cumprimento do decreto. Na noite de sexta-feira (05), os agentes do setor flagraram jovens aglomerados em uma praça na Barra do Ceará

“A ocorrência foi enviada para uma composição da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) que orientou e dispersou o grupo”, finaliza. 

Força conjunta

As ações de fiscalização contam com a participação da Inspetoria de Proteção Ambiental (Ipam), da Guarda Municipal de Fortaleza (GMFor), da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA). 

O monitoramento também possui o reforço de uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), que realiza a fiscalização aérea das localidades de Fortaleza.

Recomendações

Além das fiscalizações, a PMCE também tem realizado o diálogo com a população, focando na ação educativa de orientar as pessoas acerca das novas normas estabelecidas. Assim como o órgão da Polícia, a SSPDS também reforça a importância da colaboração dos fortalezenses.  

“Fique em casa, com seus familiares, redobre os cuidados com a higiene pessoal, use máscara quando for extremamente necessário sair de casa, e informe, por meio dos canais de denúncias dos órgãos de fiscalização, os locais onde ocorrem aglomerações e o descumprimento do decreto estadual com medidas para evitar a proliferação do novo coronavírus”, solicita.

Denúncias

A população pode denunciar casos de descumprimento das medidas de prevenção e controle da Covid-19 por meio dos telefones:

  • Vigilância Sanitária do Estado do Ceará e Central da Plataforma Ceará Transparente: 150, 3252-2155, 3252-1571 e 3252-1587
  • Ouvidoria Geral do SUS e Ministério da Saúde: 136  
  • Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE): 127 ou 0800.28.11.553 
  • Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops): 190
  • Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis): telefone 156 e site denuncia.agefis.fortaleza.ce.gov.br
Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza