Podcast: jornalistas do SVM relembram bastidores da cobertura jornalística do Edifício Andrea

Desdobramentos do fato foram acompanhados ao longo de 103 horas de resgate das vítimas sob os escombros

Legenda: O Podcast Reconstrução- Edifício Andrea traz bastidores da cobertura da tragédia que marcou o Ceará
Foto: Thiago Gadelha

Powered by RedCircle

O desabamento do Edifício Andrea, prédio de sete andares que marcou a história de Fortaleza e do Ceará, deixou lembranças significativas não só em sobreviventes da tragédia e voluntários dos resgates. Jornalistas, fotógrafos e cinegrafistas do Sistema Verdes Mares também vivenciaram de perto a angústia e a esperança. A cobertura da imprensa é o tema do último episódio do podcast Reconstrução - Edifício Andrea, uma série especial do SVM em quatro partes.

> Confira todos os episódios do podcast 'Reconstrução: Edifício Andrea'

A primeira a perceber que algo estava errado nas proximidades da Rua Tibúrcio Cavalcante foi a repórter Cinthia Freitas. Ela voltava de uma consulta médica quando notou o trânsito mais engarrafado a caminho da redação. “Assim que desci, mandei um áudio pra minha equipe e disse que tinha acontecido um desabamento, que tinha muito escombro na rua, que eles mandassem mais pessoas”, conta.

Começava ali uma das maiores coberturas jornalísticas recentes do Ceará. Nas 103 horas seguintes, tempo que durou a operação de busca e resgate, seriam publicadas centenas de matérias nos portais online, dezenas de páginas no Diário do Nordeste impresso e ocupadas horas de programação em tele e radiojornais, tanto locais como nacionais.

Internamente, a editora do Núcleo Vida Local, Karine Zaranza, estava numa reunião de pauta com os outros editores e lembra do primeiro impacto da notícia. “Quando vi a gravidade da situação, todo mundo saiu correndo, a reunião acabou pra gente tentar coordenar essa cobertura. A gente já sentia a redação diferente, muita zuada, muito burburinho. Tudo o que a gente tava planejando pro dia tinha ganho outro rumo”, remonta.

O fotojornalista Natinho Rodrigues também sabe como foi aquele dia momento a momento. Deslocado de uma sessão na Assembleia Legislativa para o Andrea, ele conseguiu subir na cobertura de um prédio ao lado para fazer os primeiros registros. “Consegui pegar a hora em que os sobreviventes eram retirados. Fiquei muito emocionado vendo aquela cena, o rapaz todo sujo de terra, numa maca, sendo retirado por uma fila de bombeiros e de voluntários”, diz.

O episódio conta ainda com relatos do editor do caderno Metro, Márcio Dornelles; do repórter televisivo Halisson Ferreira, e da fotógrafa Camila Lima. Os jornalistas Cadu Freitas, Theyse Viana e Nícolas Paulino costuram as histórias e compartilham as próprias impressões do acontecimento.

Além do site da Verdinha, Reconstrução - Edifício Andrea também está disponível em aplicativos de streaming como Deezer, Spotify e na sua plataforma preferida de podcasts. 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza