Parque Zoobotânico de Fortaleza recebe grande público na reta final das férias 

Área do zoológico da cidade, o espaço reuniu, neste fim de semana, um público estimado em 9 mil pessoas. Piqueniques, aniversários, a visitação aos animais e à vegetação do parque são atrações para as famílias 

Legenda: Jamile Araújo (a primeira da direita à esquerda) com a família e amigos: domingo no parque Zoobotânico
Foto: Fotos: Isanelle Nascimento

Chegou o penúltimo fim de semana antes do término das férias escolares. E como é de praxe nessa fase, o movimento das famílias de Fortaleza segue intenso, atrás de envolver as crianças em atividades de lazer e ocupações saudáveis.  

Neste período, o parque Zoobotânico de Fortaleza (Passaré), área do Horto Florestal Falconete Fialho e do Zoológico Sargento Prata, recebeu uma visitação expressiva. No sábado (20), 3 mil pessoas visitaram o local, segundo informações da assessoria da Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (UrbFor).

Em torno de 6 mil pessoas eram aguardadas neste domingo (21) e a expectativa, ainda de acordo com a UrbFor, é fechar o mês de julho com um público de 50 mil visitantes. O número se equilibra entre a estimativa do mesmo período em 2017 (42 mil pessoas) e a do ano passado (60 mil).  

Na manhã deste domingo, o público se formou dentre aqueles que aproveitaram o tempo para curtir um piquenique com as crianças, olhar os animais, ou simplesmente passar o tempo em sintonia com a área verde e o espaço aberto. 

Legenda: As famílias curtiram o zoológico, passeio tradicional do parque

Com um movimento bem maior em relação aos finais de semana do período letivo, a área do Zoobotânico comportava uma série de famílias que organizavam festinhas de aniversário espalhadas pela grama. Para o técnico de segurança eletrônica Róbson Ribeiro, 26, a comemoração do filho João Levi (3) era a primeira experiência da família para celebrar a data ao ar livre.  

“A gente já tinha comemorado em buffets, mas este ano resolvemos fazer diferente. Temos costume de passear aqui e o João gosta muito do jacaré”, conta Róbson. Residente no bairro do Castelão, a família do técnico passou a frequentar o parque Zoobotânico depois da última reforma – finalizada há três anos.     

A promotora de vendas Jamile Araújo, 34, também escolheu o piquenique no espaço para curtir a manhã de domingo. Ao lado da filha Ana Beatriz, 4 anos, do esposo, e de mais um casal de amigos, Jamile conta que já costuma frequentar o parque.  

“Para o piquenique, é a primeira vez que eu venho. Queríamos sair de casa um pouco, ficar ao livre, não deixar minha filha só na TV”, revela.  

Alimentação  

Para alimentar o filho Bernardo, de 1 ano e 9 meses, e dois amiguinhos da escola da criança, Bruna Maia (29) preparou o piquenique com um cardápio sadio: uva, morango, melão, banana, melancia, bolo de cenoura sem lactose.  

O grupo, que reunia outras mães além dela, celebrava um encontro inédito no parque. E Bruna já vislumbrava o retorno. “É muito bacana. Gostei e penso em voltar mais vezes”, prevê.   

Legenda: Dona Valdete prepara lanches para vender nos fins de semana no parque

Na quadra coberta do parque, o público visitante matava a fome dentre os pontos de venda de lanches. A vendedora Valdete Santos (57) já mantém o ponto há três anos e elogia o período de férias para o negócio.  

“Um domingo de férias é maravilhoso aqui. A diferença é grande (em relação ao período escolar)”, destaca ela. O parâmetro dela é o fim de semana. De segunda a sexta, Valdete cuida de seus dois netos, enquanto a mãe deles trabalha. “Mas faço isso por amor, não por obrigação. Acho melhor do que deixar com alguém desconhecido”, se abre a vendedora.  

Animais 

Pelo viés mais tradicional do passeio, parte das famílias visitava a área de exposição dos animais do zoológico. O administrador Emilson Assis, 36, levou o filho Pedro Assis, 4 anos, pela primeira vez ao local. “Eu gostei de todos os bichos, mas agora a gente vai ver o jacaré”, avisou a criança.  

Morador do bairro do Cocó, Emilson se habitou a frequentar a área ecológica vizinha a sua residência e se dizia surpreendido com a conservação do parque do Passaré. “A variedade de pássaros me surpreendeu também”, complementa.  

Legenda: O administrador Emilson Assis esteve no zoológico pela primeira vez

A professora Mayrla Souza, 42, esteve no Zoobotânico com seu filho, Antônio Mateus (7). “Ele quase não dormia direito à noite, ansioso pra vim pra cá. Ele tá louco pra ver o macaco prego. Já já vou atrás desse bicho (risos)”, disse ela.   

Serviço 
Parque Zoobotânico de Fortaleza 

Visitação de terça a domingo, das 9 às 16h, na Avenida Prudente Brasil, 685, Passaré. Entrada franca. Contato: (85) 3105.2001

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza