Número de diagnósticos positivos de Covid-19 no Ceará cai para 50% dos testes feitos

Segundo o secretário da Saúde, Dr. Cabeto, até semana passada os testes indicavam a doença em 80% dos casos

Os testes diagnósticos da Covid-19 no Ceará passaram por uma diminuição de resultados positivos entre a semana passada e esta semana. Segundo o secretário da Saúde, Carlos Roberto Martins, o Dr. Cabeto, os exames que indicavam a presença do novo coronavírus (SARS-CoV-2) em 80% dos casos, agora apontam a presença do agente infeccioso em 50% dos testes. 

Conforme Dr. Cabeto, estão sendo priorizados os testes em pessoas que já morreram para reconhecer se a causa da morte foi pela Covid-19. Além disso, em junho a capacidade de testagem no Ceará deverá aumentar quando o estado receber o auxílio da Fiocruz para as análises laboratoriais. 

"Nós vamos aperfeiçoar (a testagem). Agora em junho, o estado vai ampliar, em parceria com a Fiocruz, com outras unidades, inclusive privadas, a sua capacidade de testar, inclusive direta do vírus, para que a gente tenha esses indicadores muito confiáveis e que a gente tenha maior segurança na mudança das fases", diz, fazendo referência às etapas do plano de retomada econômica organizado pelo Governo do Estado. 

Região Norte

O secretário também adiantou que há atualmente uma tendência de crescimento dos índices da Covid-19 nos municípios do interior do Ceará, com destaque para a região Norte do estado. Segundo ele, as análises realizadas pela Secretaria da Saúde apontam que será necessário estabelecer medidas de isolamento social mais rígidas naquela área. 

"Fizemos o mapeamento da incidência do número de casos por 100 mil habitantes e da mortalidade por coronavírus, que é muito importante. Essas cidades estão a maioria agora na região Norte. Nos preocupa aquela região de Itapipoca, até Camocim, Sobral e Santa Quitéria. Então nós estamos preparando hoje pra colocar no decreto algumas restrições nessa região", afirmou.

Casos no Ceará

O número de casos de Covid-19 no Ceará ultrapassou a barreira dos 38 mil e alcançou 126 mortes confirmadas nas últimas 24 horas, totalizando 2.859. Os dados são da plataforma IntegraSUS, atualizada às 17h53 desta sexta-feira (29). Ao todo, são 38.395 infectados. Apesar de contabilizadas agora, os óbitos podem ter ocorrido em outras datas, em razão dos resultados dos testes para detectar a presença do novo coronavírus.

> Sindiônibus anuncia volta de ônibus metropolitanos e recomenda respeito aos horários escalonados

> Grupos de risco devem ficar em casa mesmo com retomada econômica, alerta governo

> Centro de Fortaleza registra aglomerações e pessoas sem máscara; veja fotos

A taxa de letalidade da doença na região é de 7,4%. Ainda são investigados 46.727 possíveis casos e 873 óbitos suspeitos da doença. O número de exames aplicados é de 93.466.

O epicentro de contágio é Fortaleza, com 21.705 testes positivos e 1.877 mortes. Na sequência, as cidades com alto contágio são Caucaia (1.304), na Região Metropolitana, e Sobral (1.195), com destaque negativo no interior.

Mortes por Covid-19 em Fortaleza

O índice de recuperados é 25.858, segundo a Secretaria de Saúde (Sesa). A taxa de ocupação de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) está em 87,68% no Ceará.


Categorias Relacionadas


Redação 15 de Julho de 2020