Multas por calçado inadequado caem 62% em Fortaleza

No caso das mulheres, sandálias anabelas, plataformas e tamancos podem dificultar a avaliação da distância dos pedaisNo primeiro semestre deste ano, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania de Fortaleza (AMC) aplicou 11.659 multas pela inadequação à regra, uma redução de 62% em relação a igual período do ano passado

Escrito por Redação,

Metro
Foto: Foto: Kid Júnior

Mais que uma questão de moda, o que cobre seus pés é importante para a segurança no trânsito. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) proíbe o condutor de utilizar calçados que não sejam firmes ou que comprometam a utilização dos pedais de freio, embreagem e acelerador, fundamentais para o controle da direção.

No primeiro semestre deste ano, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania de Fortaleza (AMC) aplicou 11.659 multas pela inadequação à regra, uma redução de 62% em relação a igual período do ano passado, que teve 29.911 infrações. Segundo o órgão, esse comportamento vem sendo coibido principalmente em operações específicas desenvolvidas com foco na segurança de motociclistas.

arte

"As intervenções realizadas estão refletindo numa maior consciência e mudança de postura de grande parte dos condutores", destaca a AMC.

Já o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE) aplicou 575 multas do tipo em 2018, uma média de 64 por mês. Os dados também refletem redução quando comparados ao ano passado, quando foram aplicadas 1.451 multas do tipo, representando cerca de 121 casos a cada mês, conforme o órgão de trânsito. A infração é de categoria média, custa R$130,16 e tira quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Conforto

A orientação geral do Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) é que o pé precisa de conforto para apertar os pedais. A solução é utilizar um calçado adequado para evitar as multas e até acidentes. Chinelos, sandálias e rasteirinhas "não devem nunca ser adotados no volante", bem como "saltos e solados lisos também devem ser abolidos ao entrar no carro", explica a entidade.

Tamancos

No caso das mulheres, sandálias anabelas, plataformas e tamancos podem dificultar a avaliação da distância dos pedais e também a noção de força ao acioná-los, segundo o Observatório.

Existe ainda a possibilidade de eles se enroscarem nos pedais. Já em dias de chuva, é importante utilizar calçados antiderrapantes.

Não há proibição quanto à prática de dirigir com os pés descalços, de acordo com o CTB, mas o Observatório chama a atenção para o fato de que em dias muito quentes - típicos do Ceará -, os pedais podem ficar superaquecidos e provocar desconforto principalmente para motociclistas, que também apoiam os pés no asfalto.