Fortaleza tem 58,6% dos casos de Covid-19 entre profissionais de saúde no Ceará

As profissionais mulheres são as mais acometidas pela doença pandêmica no Estado, com 6.581 registros, enquanto os homens somam 2.561 casos

Escrito por Redação,

Metro

Pelo menos 58,6% (5.360) dos profissionais de saúde infectados pelo novo coronavírus no Ceará estão em Fortaleza. Ao todo, o Estado já soma 9.142 casos diagnosticados nestes profissionais e outros 6.024 são tidos como suspeitos. O número de óbitos já chegou a 21. Em contrapartida, os casos recuperados registados são 8.511.

Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), colhidos através da última atualização da plataforma integraSUS, às 17h48 desta sexta-feira (12). 

 

Na sequência de casos, aparecem cidades do interior e da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Os municípios com os maiores números são Sobral (453), Caucaia (416), Cascavel (147), Maracanaú (145), Maranguape (121) e Pacatuba (101).

Conforme os dados da Sesa, entre os casos confirmados no Estado, 2.673 são técnicos ou auxiliares de enfermagem; 1.330 são enfermeiros; 1.091 são médicos; 564 são agentes comunitários; 379 são recepcionistas; 228 são agentes de combate a endemias; 217 são técnicos de laboratório; 195 são fisioterapeuta; 182 são condutores de ambulância e 176 farmacêuticos. 

As mulheres são as mais acometidas pela doença pandêmica, com 6.581 registros, enquanto os homens somam 2.561 casos. A faixa etária mais afetada de profissionais é entre 35 a 39 anos, com 1.629 casos somados ambos os sexos. O grupo menos afetado é o que está entre 75 anos a 80+, com 26 registros somados. 

Assuntos Relacionados