Fortaleza oferecerá wi-fi gratuito e local de descanso para entregadores

O projeto "Ponto do Entregador' prevê a oferta de diversos serviços de apoio aos profissionais em locais estratégicos da cidade

Escrito por Redação,

Metro
Entregador de aplicativo
Legenda: Além do acesso à internet gratuita e local para repouso, o Ponto do Entregador também deverá ser monitorado por câmeras
Foto: Kid Junior

Os entregadores que prestam serviço em Fortaleza poderão contar com pontos de apoio na cidade. O projeto-piloto "Ponto do Entregador" oferecerá locais para descanso desses profissionais, ampliação da calçada, além de wi-fi gratuito. A iniciativa foi anunciada pelo prefeito Sarto Nogueira nesta segunda-feira (12).   

Os dois primeiros pontos serão instalados no Polo Gastronômico da Varjota, área nobre da Capital. Mas, segundo o gestor municipal, devem ser ampliados para outras áreas da cidade. As obras foram iniciadas nesta segunda-feira, mas a data de conclusão não foi divulgada.   

"Nós vamos fazer também nos outros polos gastronômicos: no Lago Jacarey, na Messejana, na Barra do Ceará, na Bezerra de Menezes. Enfim, onde houver atividade econômica, nós vamos instalar um equipamento como esse"   
Sarto Nogueira
prefeito de Fortaleza

Além do acesso à internet gratuita e local para repouso, o Ponto do Entregador também deverá ser monitorado por câmeras, o que, segundo o prefeito, deve inibir ações criminosas, como furto e roubo, nessas locais.  

Em agosto, em uma segunda etapa do projeto, a ideia da Prefeitura Municipal é ofertar banheiros nesses pontos, para que os usuários possam tomar banho e, com isso, aumentar a "qualidade de vida" desses profissionais, detalhou Sarto.  

Além do apoio estrutural, Fortaleza ainda deve auxiliar na condução segura desses entregadores. A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) ofertará um curso de direção defensiva aos profissionais, para "ajudar o motociclista a sair de situações de emergência". 

Assuntos Relacionados