Comunicado: Ceará no Top 5 em transparência no Brasil

De olho nas informações sobre contratações emergenciais feitas por estados e municípios em resposta à pandemia da Covid-19, foi lançado ontem, pela Transparência Internacional - Brasil, o Ranking de Transparência no Combate à Covid-19 para avaliar as melhores práticas entre os entes federados. No ranking, o Ceará obteve 73,4 pontos e ocupa o 5ª lugar, estando empatado com o Maranhão. Com uma das maiores pontuações, o índice de transparência do Estado é avaliado como bom. Os primeiros lugares ficaram com Espírito Santo (97,4 pontos), Distrito Federal (88,6), Goiás (84,8) e Paraná (81) – todos com índice classificado como “ótimos”. A escala do ranking vai de zero a 100 pontos, na qual zero (péssimo) significa que o ente é avaliado como totalmente opaco e 100 (ótimo) indica que ele oferece alto grau de transparência. Quase metade dos entes ficaram entre “ótimo” e “bom” e apenas Roraima e São Paulo receberam a classificação “ruim”. A escala é importante por avaliar o quão transparentes estão sendo nossos governantes ao utilizarem dinheiro público em contratações emergenciais e outras ações para o enfrentamento da pandemia. Apesar da boa classificação, o Ceará pode melhorar.

Critérios

Os critérios de avaliação do ranking são baseados no guia com recomendações de transparências de combate ao novo coronavírus elaborado pela Transparência Internacional - Brasil em conjunto com o Tribunal de Contas da União (TCU). Entre eles, estão: se as informações encontram-se disponíveis na internet de forma clara, completa e organizada; se são de fácil acesso ou se estão escondidas em páginas com pouca visibilidade; se são legíveis por robôs de programação usados por especialistas e acadêmicos, para colher dados de forma automatizada; e se os entes públicos criaram canais para escutar a sociedade. Por isso, também foram avaliados ferramentas de recebimento de denúncias e pedidos de acesso à informação.

Fortaleza

O ranking também avaliou as 26 capitais brasileiras. Fortaleza ficou na quarta posição, com 62 pontos. Cerca de 1/5 das capitais mostrou transparência avaliada como “ótima” ou “boa” na divulgação de ações emergenciais para combate à Covid-19. Todo o restante foi classificado como “regular”, “ruim” ou “péssimo” – apenas Belém teve esta classificação.

A primeira copa rede Cuca de League of Legends será realizada entre os dias 29 e 31 deste mês. As inscrições estão abertas no portal da Juventude da Prefeitura (juventude.fortaleza.ce.gov.br) até o dia 27. Ao todo 20 times podem se inscrever, com cinco participantes cada. Para efetivar o cadastro, o representante da equipe precisa ter mais de 12 anos, morar no Ceará e enviar documento oficial com foto.

Todas as partidas do campeonato serão no formato melhor de um, sendo apenas a final no melhor de três. O prêmio para o time vencedor será um voucher de R$ 100 na Ibyte para cada participante e para o vice-campeão um voucher de R$ 50 para cada participante. A medida busca estimular e-sports na quarentena entre os jovens. A partida final será transmitida no canal da Juv.TV no Youtube, às 16h do dia 31.


Categorias Relacionadas


Redação 02 de Junho de 2020