Comércios são flagrados abertos mesmo com proibição de funcionar nos fins de semana

O decreto do último sábado (10) determinou a flexibilização do comércio na semana, mas isolamento social rígido no fim de semana

Legenda: Comércios foram flagrados descumprindo determinação do fim de semana
Foto: Kid Junior

No primeiro sábado de lockdown após a flexibilização do comércio no Ceará, foram registradas movimentações em alguns pontos da Capital. A determinação do Governo do Estado, anunciada no último sábado (10), estabeleceu a reabertura de alguns setores da economia durante a semana, mas no fim de semana somente serviços essenciais estão autorizados a funcionar. 

No início da tarde deste sábado (17), o movimento de pedestres pelas ruas do Centro era tranquilo, no entanto, a reportagem registrou muitos carros estacionados pela região. Além disso, alguns comércios foram flagrados funcionando, portanto, descumprindo o decreto.  

Legenda: Mesmo com comércio fechado, movimentação foi registrada no Centro
Foto: Kid Junior

Já na Beira-Mar, muitos aproveitaram para fazer atividades físicas, mas a ocupação e a movimentação em espaços públicos ainda estão proibidas. Havia ainda muitos ambulantes na avenida que vendiam água de coco. A maioria das pessoas presentes no calçadão ainda descumpriam o uso obrigatório de máscara e distanciamento social. 

Legenda: Algumas pessoas aproveitaram para fazer atividades físicas ao ar livre, o que ainda está proibido
Foto: Kid Junior

Legenda: Na Beira-Mar, a movimentação era intensa neste sábado
Foto: Kid Junior

Por sua vez, o cenário na Barra do Ceará já é de bastante movimentação. Muitos comércios fora do rol de serviços essenciais funcionavam mesmo com a proibição, além de feira de rua. O trânsito de carros também estava bem intenso.  

O funcionamento de feiras de rua também se repetiu no Jangurussu, com comerciantes, inclusive, sem usar máscaras. Com isso, a movimentação no comércio do bairro era intenso, com aglomerações e descumprimento ao decreto. 

Novo decreto  

O governador Camilo Santana anunciou neste sábado (17) que vai manter o último decreto de flexibilização da economia e a regra de lockdown no fim de semana. A prática de atividades físicas individuais em espaços públicos e abertos, porém, poderão ser realizadas.  

"A decisão do Comitê de manter o decreto pelos próximo sete dias para a gente poder completar o ciclo epidemiológico de 14 dias e avaliar com mais segurança até porque ainda há uma pressão muito alta na demanda assistencial", explicou o gestor. 

O QUE PERMANECE PROIBIDO DE FUNCIONAR

  • Academias
  • Espaços coletivos em condomínios
  • Parques aquáticos
  • Barracas de praia
  • Cinemas
  • Museus e teatros, públicos ou privados

ATIVIDADES LIBERADAS NO CEARÁ

  • Serviços públicos essenciais; 
  • Farmácias; 
  • Supermercados/congêneres;
  • Indústria;
  • Postos de combustíveis;
  • Hospitais e demais unidades de saúde e de serviços odontológicos e veterinários de emergência; 
  • Laboratórios de análises clínicas; 
  • Segurança privada; 
  • Imprensa, meios de comunicação e telecomunicação em geral;
  • Funerárias

VEJA OS DETALHES DO DECRETO

  • O Ceará continuará em isolamento social, com toque de recolher todos os dias das 20h às 5h;
     
  • Comércio de ruas e serviços, como restaurantes*, funcionarão das 10h às 16h, com 25% de capacidade de atendimento;
     
  • Shoppings, incluindo praça de alimentação, funcionarão das 12h às 18h, com limitação de 25% da capacidade;
     
  • Construção civil deve iniciar as atividades a partir das 8h;
     
  • Isolamento social rígido, o lockdown, será mantido nos fins de semana, funcionando apenas as atividades essenciais;
  • Na educação, o ensino infantil, que estava liberado até os 3 anos, será ampliado, permitindo atividades presenciais para crianças de 4 e 5 anos, além do 1º e 2º ano do ensino fundamental, com 35% da capacidade;
     
  • Igrejas estarão autorizadas a receber no máximo 10% da sua capacidade. e segue valendo recomendação para que celebrações sejam virtuais;

 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza