Com leitos reduzidos, Leonardo Da Vinci tem 100% de ocupação com casos de Covid-19 nesta terça-feira

Atualmente, o hospital possui 41 leitos de enfermaria e 26 de unidade de terapia intensiva (UTI), todos ocupados por pessoas com a doença

Legenda: Hospital Leonardo Da Vinci, em Fortaleza
Foto: Foto: Fabiane de Paula

Após redução no número de leitos do hospital Leonardo da Vinci, em Fortaleza, voltados exclusivamente para o tratamento da Covid-19, a unidade chegou a 100% de ocupação nesta terça-feira (13).  

Atualmente, o hospital possui 41 leitos de enfermaria e 26 de unidade de terapia intensiva (UTI), todos ocupados por pessoas com a doença. No período mais crítico da pandemia no Estado, a partir de março, a unidade chegou a contar com 230 leitos, sendo 150 de UTIs.  

O hospital, localizado no Centro de Fortaleza, estava desativado quando os primeiros casos do novo coronavírus passaram a ser notificados no Ceará. O governo estadual, então, requisitou a reativação da unidade para atenção concentrada nos casos de contaminação da doença. 

Com a queda no número de casos no Estado, o Leonardo da Vinci e outras unidades diminuíram a quantidade de leitos dedicados a pacientes com Covid-19. 

> Denúncias registram nova aglomeração no Meireles e acúmulo de sujeira na Praia de Iracema

> Retomada segue 'sem mudanças' no Ceará; bares seguem fechados

De acordo com dados da plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), o Ceará está com 64.34% de ocupação total de leitos de UTIs, e nas enfermarias, de 29,32%. 

O Estado acumula 260.642 diagnósticos positivos do novo coronavírus e 9.140 óbitos por Covid-19 desde o início da pandemia. Além disso, os dados do IntegraSUS, atualizados até 9h29 desta terça-feira (13), mostram que 224.732 pessoas foram recuperadas.  

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza

Assuntos Relacionados