Centro de Fortaleza registra aglomerações e pessoas sem máscara; veja fotos

Equipe do Sistema Verdes Mares flagrou movimento itensa no bairro um dia após lançamento de plano de retomada da economia

Legenda: Muitos pessoas transitaram pelo Centro nesta sexta-feira (29)
Foto: Foto: José Leomar

As ruas do Centro, em Fortaleza, se mostraram movimentadas nesta sexta-feira (29), um dia após o lançamento do plano estadual de retomada da economia durante a pandemia de Covid-19. O decreto de isolamento social rígido, o “lockdown”, está mantido até domingo (31), quando se inicia a fase de transição no Ceará.

A equipe de reportagem do Sistema Verdes Mares flagrou aglomerados de pessoas transitando pelo bairro. Em determinados pontos, muitos não portavam máscaras ou utilizam o equipamento de modo impróprio - utensílio obrigatório na Capital.

 

O projeto de reabertura das cadeias produtivas começa na segunda-feira (1º), sendo finalizado no dia 8 de junho. Neste período, haverá flexibilização para funcionamento de 17 segmentos como barbearias e a rede de transporte. Os demais seguem cumprindo as ações restritivas de segurança.

"A gente não está saindo de um isolamento social rígido para uma abertura das atividades cotidianas de forma regular. Vamos continuar o estado de isolamento e é muito importante a população entender que só estamos conseguindo reduzir o número de casos e uma tendência de redução dos óbitos graças ao isolamento, que acontece desde março", aponta o prefeito Roberto Cláudio (PDT).

Apesar da etapa de transição das cadeias produtivas ter uma duração estipulada de sete dias, o avanço à fase 1 dependerá de três critérios: ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), número de casos confirmados do novo coronavírus e índice de óbitos.

Os quesitos precisam apresentar tendência decrescente para uma nova fase ser instaurada - são quatro e cada uma envolve mais cadeias produtivas livres para atuar, sempre com 14 dias de análise. Caso não se confirme o movimento, os processos de reabertura estacionam ou retrocedem.

Fiscalização

A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) informou a realização de 1.036 ações de prevenção e monitoramento entre os dias 8 e 28 de maio. As operações incluem encerramentos de festas, apreensão de paredão de som, abordagens a estabelecimentos abertos irregularmente, fiscalizações a obras e abordagens orientativas em praças, orla, Centro e outros espaços públicos.

Já a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) relatou que, desde o último dia 7 de maio, órgãos de segurança, trânsito e fiscalização estaduais e municipais atenderam 3.114 ocorrências, de acordo com dados do relatório do Gabinete de Gestão de Eventos Complexos (GCEC). Foram 2.112 chamados atendidos por aglomeração de pessoas, 824 referentes a comércios abertos e 178 ocorrências atendidas por descumprimento de proteção individual.

Confira movimentação no Centro de Fortaleza nesta sexta (29):

Foto: Foto: José Leomar

Foto: Foto: José Leomar

Foto: Foto: José Leomar

Foto: Foto: José Leomar

Foto: Foto: José Leomar