Aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19 começa em 28 dias

Secretaria da Saúde informou que este é o tempo necessário para estimular a imunidade

vacina
Legenda: Vacinação começou oficialmente nesta segunda-feira (18) no Ceará
Foto: Thiago Gadelha

As pessoas vacinadas contra o novo coronavírus nesta fase inicial da campanha receberão a segunda dose 28 dias após a primeira, no Ceará. As informações são da secretária-executiva de Vigilância e Regulação da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), Magda Almeida. 

“É o tempo em que começamos a estimular a imunidade. Por isso, é importante ainda manter os cuidados de etiquetas respiratórias, evitar aglomerações e uso de máscaras”, frisou. “Porque essa imunidade ainda será desenvolvida por essas pessoas e a quantidade de dose que chegou ainda não é suficiente para quebrar a circulação viral”, complementou. 

Vacinação no Ceará

Nesta segunda-feira (18), chegou a primeira remessa com 218 mil doses da CoronaVac ao Ceará. Destas, 80 mil ficaram na Capital. O restante foi distribuído aos 184 municípios cearenses em aeronaves da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer). Logo após a chegada das doses, a vacinação começou oficialmente.

Neste primeiro momento, são contemplados idosos internados em instituições de longa permanência e os trabalhadores da saúde que estão na linha de frente de combate à Covid-19, tanto em instituições públicas quanto privadas. Somente as pessoas enquadradas nestes perfis poderão ser vacinadas agora com este primeiro lote.

São profissionais ativos da linha de frente os que atuam em:

  1. Unidades hospitalares Covid: enfermaria e UTI;

  2. Transporte pré hospitalar (Samu);

  3. UPAs;

  4. Emergências de hospitais porta aberta;

  5. Vacinadores;

  6. Laboratórios de biologia molecular;

  7. Centros de coleta, testagem e atendimento Covid;

  8. Agentes comunitários de saúde, agentes comunitários de endemias, visitadores domiciliares, enfermeiros, técnicos de enfermagem, técnicos em saúde bucal, médicos e dentistas da Estratégia de Saúde da Família (ESF).

Ouça podcast sobre a vacina: 

Powered by RedCircle

Início da vacinação

Legenda: Maria Silvana foi a primeira cearense vacinada no Estado contra a Covid-19
Foto: Thiago Gadelha

A abertura do plano local de imunização ocorreu no Hospital Leonardo da Vinci (HLV), tendo sido a primeira a receber a CoronaVac a técnica de enfermagem Maria Silvana Souza Reis, de 51 anos.

Entre profissionais de saúde, serviços gerais e liderança indígena, pelo menos 16 pessoas receberam ainda na segunda a primeira dose da CoronaVac em unidades de Fortaleza. No HLV, seis pessoas foram vacinadas; cinco no Instituto Doutor José Frota (IJF) e outras cinco no Hospital Geral de Fortaleza (HGF). 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza