Aplicação da 1ª dose da vacina contra Covid-19 em idosos termina nesta sexta (19) em Fortaleza

Imunização de profissionais de saúde com a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus ocorrerá até este fim de semana

Idosa sendo vacinada contra Covid-19
Legenda: Em 31 dias de campanha, 112.362 pessoas receberam a primeira dose do imunizante contra a Covid-19 na Capital, pontua Ana Estela Leite.
Foto: Camila Lima

A vacinação contra a Covid-19 em idosos com mais de 75 anos que ainda não receberam a primeira dose em Fortaleza será concluída nesta sexta-feira (19). A informação foi divulgada pela secretária municipal da Saúde, Ana Estela Leite, em transmissão ao vivo nas redes sociais nesta sexta.

A aplicação, nesta sexta, da primeira dose será feita em idosos agendados para imunização domiciliar, a qual conta com 70 equipes. A vacinação ocorrerá inclusive nas casas que não foram contempladas nas rotas pré-marcadas. Não há previsão de oferta da vacina na modalidade drive-thru nesta data.

A titular da SMS também ressalta que a primeira dose também está sendo ofertada a idosos do grupo nas salas de vacinação dos Cucas do Jangurussu e do Mondubim. "Essa estratégia contempla idosos que residem nesses territórios, que são extremamente vulneráveis, com maior índice de casos e óbitos pela Covid-19 e também idosos excluídos do digital que não conseguiram fazer o cadastro no Vacine Já", ressalta, destacando que esse público foi localizado após "busca ativa" de equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF).

Já aplicação da primeira dose em trabalhadores da saúde que estão na linha de frente contra o novo coronavírus será concluída neste fim de semana, com previsão para ocorrer no sábado (20) e no domingo (21). A campanha, garante a secretária, "continuará com a D2 [segunda dose] até que Fortaleza receba novas doses".

Apenas nesta quinta-feira (18), 3.062 pessoas foram receberam a vacina pela primeira vez. Iniciada em 18 de janeiro, a campanha já totaliza 112.362 contempladas em Fortaleza com a primeira aplicação do imunizante.

Aplicação da segunda dose

Ana Estela Leite pontua, também, que 3.430 pessoas — entre profissionais da saúde e idosos institucionalizados — receberam a segunda dose na Capital nesta quinta-feira (18). Ao todo, 19.059 pessoas ganharam o reforço da vacina CoronaVac.

Ela frisou que o Município recebeu vacinas CoronaVac e AstraZeneca, as quais têm reaplicação em prazos diferentes — 28 e 90 dias, respectivamente. "Que os idosos que receberam AstraZeneca fiquem tranquilos [...] ainda teremos um tempo para que eles sejam contemplados com a segunda dose", asseverou.

Vacinação de idosos acima de 60 anos

A secretária afirmou que o grupo de idosos com mais de 60 anos está incluído na segunda fase da imunização. "Nós ainda esperamos receber mais doses para concluir esse grupo de idosos acima de 75 anos e também os trabalhadores da saúde", disse.

Ela também relembrou a falta de recomendações de vacinação em pessoas que já estejam com Covid-19. "A recomendação é que você receba a vacina 30 dias após o início dos sintomas ou se você teve um caso mais grave e que precisou ficar mais de 14 dias em isolamento", acrescentando que pessoas com o novo coronavírus devem ficar em casa e só sair dela em busca de serviço médico.

A situação de Fortaleza também foi realçada no pronunciamento da gestora da Pasta. "Estamos extremamente preocupados com o aumento de casos da Covid-19. Nós estamos numa segunda onda que, nas últimas quatro semanas, o desenho epidemiológico e assistencial mostra que estamos em franco crescimento dos casos", indica, acrescentando que o poder público está trabalhando na ampliação de estrutura para a contenção da pandemia.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza