Academias não voltam a funcionar na 4ª fase do plano de retomada, afirma governador

Em entrevista ao Sistema Verdes Mares, Camilo Santana afirmou ainda que as aulas presenciais também estão fora da etapa 4 do plano de retomada

Legenda: As academias não vão voltar com suas atividades na nova etapa da retomada das atividades econômicas
Foto: Arquivo Diário do Nordeste

O governador Camilo Santana afirmou nesta quarta-feira (15), em entrevista ao Sistema Verdes Mares, que as academias estão fora da 4ª fase do plano de retomada da economia. O retorno estava previsto para o dia 20 de julho, mas o governador afirmou que nova data para essa volta será reavaliada. As aulas presenciais, bares, shows e academias também estão sem previsão de retomada.

> Aulas presenciais saem da 4ª fase do plano de retomada, diz Camilo; veja atividades excluídas

"Além das escolas, devem ser mantidos fora [da 4ª fase], shows, eventos, espetáculos, além de cinemas, bares e academias que serão reavaliados", afirmou o governador. Essas atividades estão suspensas por decreto desde 20 de março como medida para conter o avanço da Covid-19.



Camilo justificou que as alterações nessa fase foram motivadas pelos riscos à saúde apontados por especialistas. "Os especialistas sugeriram ao comitê para que não ocorra aqui em Fortaleza ou no Ceará o que tem ocorrido em alguns outros estados e outros países, que abriram determinadas atividades  e tiveram que voltar e fechar novamente. Isso é muito ruim para a economia. São atividades que geram aglomeração. São atividades que geram risco de transmissão", explicou

Fortaleza deve avançar para 4ª fase no dia 20 de julho se os indicadores de casos e mortes por Covid-19 continuarem em queda. Segundo ele, a decisão vai ocorrer até o fim desta semana, após reunião com o comitê formado por especialistas da Saúde. O município está atualmente na etapa 3.

A prática de atividades físicas individuais ao ar livre, desde que não formem aglomerações, foram permitidas pelo governo no mês de junho. O decreto estadual determinou ainda que todos devem usar máscara durante a prática de esportes, que devem ser trocadas a cada 2h, ou quando estiverem molhadas.

Legenda: Academias devem continuar fechadas no Ceará
Foto: Shutterstock

Projeto de lei visa retomada das academias

Um projeto de lei, de autoria do deputado Evandro Leitão (PDT), busca definir critérios para o funcionamento das academias esportivas no Ceará foi protocolado no dia 25 de junho, na Assembleia Legislativa do Estado (AL-CE).

Entre as regras, o fornecimento de álcool gel 70% em todas as áreas do estabelecimento, a higienização e desinfecção frequentes dos equipamentos e uso obrigatório de máscaras. Além da aferição obrigatória da temperatura corporal dos clientes e funcionários.

7 mil mortes pela Covid-19

O Ceará ultrapassou o patamar de 7 mil vidas perdidas em decorrência da Covid-19, com 7.029 óbitos registrados. O total de casos confirmados desde o início da pandemia também avançou para 140.956. Os números fazem parte atualização das 4h48 desta quarta-feira (15), da plataforma IntegraSUS, alimentada com dados da Secretaria de Saúde do Estado do Ceará (Sesa).

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza