Guia: Campeonato Cearense 2021 começa com 8 clubes na 1ª fase e gigantes na espera

O Estadual de 2021 começa amanhã com oito times disputando seis vagas para a 2ª fase, onde já estão Fortaleza e Ceará; o pontapé inicial do torneio será com dois jogos: Pacajus x Caucaia e Guarany de Sobral x Barbalha

Foto: Divulgação

Começa amanhã o Campeonato Cearense 2021, quando os sonhos dos 10 clubes se renovam para mais uma disputa que promete ser acirrada. Serão 10 clubes na disputa, com Fortaleza e Ceará, campeão e vice de 2020 e representantes do Estado na Copa do Nordeste, entrando só na 2ª fase. Juntam-se a eles, seis equipes “sobreviventes” da 1ª fase, que será mais uma vez de “tiro” curto, com apenas sete rodadas e oito participantes. As equipes que jogam a 1ª fase serão: Ferroviário, Atlético, Guarany de Sobral, Icasa, Crato, Caucaia, Barbalha e Pacajus

A fase inicial terá apenas sete rodadas, com cada clube se enfrentando apenas uma vez, em partidas só de ida. Os seis primeiros colocados se classificam para a fase seguinte e os dois últimos caem para a 2ª divisão do Cearense.

O que está em jogo na 1ª fase?

A atração da 1ª fase, como em anos anteriores, é a vaga na Copa do Brasil do ano seguinte (2022), para o 1º colocado, ou campeão “simbólico”. Como a Copa Fares Lopes de 2020 ainda está em disputa, com o Ferroviário já na decisão e o jogo de volta da semifinal entre Icasa x Floresta a ser realizado ainda na quarta-feira, apenas dois jogos estão marcados para amanhã às 15h30: Guarany de Sobral x Barbalha, no Junco, e Pacajus x Caucaia, no João Ronaldo.

Ferroviário está na final da Taça Fares Lopes
Legenda: Ferroviário está na final da Taça Fares Lopes
Foto: Camila Lima/SVM

E a segunda fase?

A segunda fase começará no dia 29 de janeiro e contará com os seis classificados da fase anterior mais Fortaleza e Ceará, os favoritos de sempre ao título. As oito equipes da 2ª fase disputam vaga no G-4. Os quatro melhores avançam para as semifinais, que serão disputadas em jogo único com mando de campo do time com melhor campanha na segunda fase. A decisão do campeonato será definida também em jogo único.

Legenda: Ceará e Fortaleza são os representantes cearenses na Série A do Brasileiro
Foto: Thiago Gadelha / SVM

Participantes

Ferroviário, Icasa, Atlético e Caucaia surgem como favoritos ao título da 1ª fase e à vaga na Copa do Brasil. Com investimentos mais pesados e equipes mais experientes, o quarteto tem tudo para disputar a liderança da 1ª fase até o fim. Os outros quatro clubes devem disputar as outras duas vagas na 2ª fase, enquanto paralelamente buscarão fugir do rebaixamento: Pacajus, Guarany de Sobral, Crato e Barbalha.

Ferroviário

O Ferroviário chega para o Campeonato Cearense com as expectativas renovadas. Afinal, o time coral reformulou o elenco e trocou de treinador, contratando Francisco Diá. O zagueiro Vitão, o lateral-esquerdo Madson, e os meias André Mensalão e Reinaldo estão entre os que ficaram do elenco passado e continuam entre os titulares. No mais, o goleiro Jonatan, volante Diogo Viana, o zagueiro Richardson e os atacantes Berguinho e Adílson Bahia se mostraram de qualidade para elevar o nível coral. “A expectativa é de fazer um grande campeonato. Já na 1ª fase é conquistar uma vaga para a Copa do Brasil de 2022. No mais, queremos ir crescendo na competição e disputar o título”, declarou o presidente Newton Filho. (veja matéria completa sobre o Ferroviário)

Icasa

O Verdão que se acostumou a disputar grandes competições na última década, amargou quatro anos na 2ª divisão do Cearense. Após retornar como campeão da Série B, aproxima-se da final da Copa Fares Lopes e é o “adversário a ser batido” do Interior. O Verdão do técnico Washington Luiz vem de um trabalho de continuidade, desde a Segundona, mantendo a base do elenco que foi campeão (veja matéria completa sobre o Icasa)

Torcedores apresentam times do Cariri

Atlético Cearense

A Águia aposta na continuidade do trabalho do técnico Raimundinho, em um elenco mais encorpado e na volta do artilheiro Wandson. São 11 reforços, muitos com passagens pelo futebol cearense, como Olávio (ex-Ferroviário) e Romarinho (ex-Fortaleza). (veja matéria completa sobre o Atlético Cearense)

Caucaia

O Caucaia aposta em jogadores experientes para ir longe: Ciel, Everton e Jackson Caucaia são alguns dos nomes que dão toque de experiência ao time. Outro jogador experiente, Magno Alves, ainda negocia renovação de contrato após disputar a Fares Lopes. O técnico da equipe é Vladimir de Jesus e tem em Ciel, artilheiro da equipe na Fares Lopes, como principal arma. (veja matéria completa sobre o Caucaia)

Pacajus

O Pacajus chega para sua segunda Série A do Campeonato Cearense querendo mais uma vez surpreender. Se em 2020, o Indio passou para a 2ª Fase e terminou em 7º lugar, este ano quer ir além, lutando por uma vaga na Série D do Brasileiro.. (veja matéria completa sobre o Pacajus)

Barbalha

O Barbalha chega a sua terceira disputa consecutiva do pela Série A do Campeonato Cearense mirando conquistar uma vaga nas competições nacionais de 2022. Na sua estreia, em 2019, liderou a primeira fase e pôde disputar a Copa do Brasil no ano seguinte. Já no passado, ficou a um ponto de repetir o feito. (veja matéria completa sobre o Barbalha)

Crato

Após seis anos, o Crato volta à primeira divisão do Campeonato Cearense com uma equipe reformulada. Com o fim da parceria com o Atlético Cearense, o grupo de jogadores que levou o Azulão da Princesa à elite estadual voltou ao clube da capital cearense e a diretoria teve que montar um novo elenco do zero. (veja matéria completa sobre o Crato).

Guarany de Sobral

Guarany de Sobral chega para sua 50ª participação na Série A do Campeonato Cearense com um elenco totalmente reformulado daquele campeão do 1º turno em 2020. Sob o novo comando do técnico Arnaldo Lira, que teve passagens por Ferroviário, Fortaleza e Ceará, o Cacique do Vale quer novamente chegar, pelo menos, à semifinal do Estadual.. (veja matéria completa sobre o Guarany de Sobral)

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte