Fortaleza vence Bahia na Arena Castelão e faz história ao terminar em 4º lugar na Série A

Com o resultado, o Leão também decretou o rebaixamento do Bahia

Legenda: Wellington Paulista marcou um dos gols da vitória do Fortaleza contra o Bahia nesta quinta-feira (7)
Foto: Kid Júnior / SVM

A histórica temporada do Fortaleza Esporte Clube na Série A do Campeonato Brasileiro terminou com vitória na Arena Castelão. Nesta quinta-feira (7), o Tricolor do Pici venceu o Bahia, de virada, por 2 a 1, com gols de Wellington Paulista e Yago Pikachu. Rodriguinho marcou para os baianos.

Com o resultado, o Fortaleza encerra a Série A 2021 na 4ª colocação, com 58 pontos. É a melhor posição de um clube nordestino na era dos pontos corridos.

Uma linda festa marcou a Arena Castelão após a partida. Com luzes, o toredor tricolor comemorou a vaga na Copa Libertadores.

Primeiro tempo

A partida entre Fortaleza e Bahia iniciou movimentada. Logo nos primeiros segundos, Juninho Capixaba arriscou de fora da área, mas Marcelo Boeck defendeu. O arqueiro tricolor, inclusive, foi o grande protagonista dos minutos iniciais do confronto, atrapalhando-se na saída de bola.

Necessitando da vitória para livrar-se do rebaixamento, o Bahia encontrou o caminho das redes numa cobrança de pênalti do meio-campista Rodriguinho. Aos 19 minutos, após atrapalhar-se na tentativa de interceptar uma falta do Tricolor da Boa Terra, Marcelo Boeck acertou o rosto de Gilberto. A arbitragem assinalou penalidade, que foi convertida pelo camisa 10 da equipe baiana.

O time de Guto Ferreira ainda ampliou o marcador, com Gilberto, após excelente passe de Rodriguinho. Porém, a arbitragem assinalou impedimento. Após o lance, o Fortaleza cresceu na partida e passou a tentar agredir o Bahia. Matheus Vargas e David tentaram, mas não obtiveram sucesso.

A igualdade no marcardor saiu em nova penalidade. Aos 49 minutos, Yago Pikachu foi "calçado" por Matheus Bahia na área. A arbitragem, com auxílio do VAR, marcou pênalti. Na cobrança, Wellington Paulista deslocou Danilo Fernandes e marcou para o Fortaleza. Após o tento do tricolor cearense, o árbitro Flávio Rodrigues de Souza (FIFA-SP) apitou para o intervalo.

Estatísticas do 1° tempo

  • Posse de bola: 57% (FOR) x 43% (BAH)
  • Finalizações: 7 (FOR) x 2 (BAH)
  • Finalizações no gol: 3 (FOR) x 2 (BAH)
  • Escanteios: 5 (FOR) x 0 (BAH)
  • Faltas: 7 (FOR) x 8 (BAH)
  • Cartões amarelos: 2 (FOR) x 1 (BAH)
  • Desarmes: 6 (FOR) x 4 (BAH)
  • Interceptações: 7 (FOR) x 8 (BAH)
  • Cortes: 6 (FOR) x 14 (BAH)

Legenda: Fortaleza e Bahia se enfrentaram nesta quinta-feira (7) pela 38ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Foto: Kid Júnior / SVM

Segundo tempo

A etapa final foi de equilíbrio e de poucas ações ofensivas das equipes. O Fortaleza chegou próximo ao gol de Danilo Fernandes com Osvaldo e Igor Torres. O Bahia, por sua vez, teve duas chances com Juninho Capixaba e Rodallega, mas sem sucesso.

Aos 30 minutos, David finalizou de fora da área e a bola desviou no braço de Conti. Após análise do VAR, o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Pikachu marcou o gol que decretou o rebaixamento do Bahia à Série B.

Nos minutos finais, Gilberto teve a oportunidade de igualar o marcador, mas parou em grande defesa de Marcelo Boeck.

Estatísticas gerais da partida

  • Posse de bola: 52% (FOR) x 48% (BAH)
  • Finalizações: 14 (FOR) x 9 (BAH)
  • Finalizações no gol: 6 (FOR) x 6 (BAH)
  • Escanteios: 6 (FOR) x 3 (BAH)
  • Faltas: 15 (FOR) x 17 (BAH)
  • Cartões amarelos: 4 (FOR) x 2 (BAH)
  • Desarmes: 12 (FOR) x 11 (BAH)
  • Interceptações: 12 (FOR) x 9 (BAH)
  • Cortes: 21 (FOR) x 21 (BAH)
Quero receber conteúdos exclusivos de esporte