Ceará empata com Botafogo por 2 a 2 e mantém invencibilidade na Série A

Vovô chega ao 5º sem derrotas na competição após buscar empate com Glorioso fora de casa

Legenda: Gols do time cearense foram marcados por Cleber e por Leandro Carvalho
Foto: Vítor Silva/ BFR

O Ceará empatou por 2 a 2 com o Botafogo neste sábado (31), no Engenhão, pela 19ª rodada do Brasileirão. Os gols foram marcados por Honda (1ºT,15'), Cléber (1ºT, 22'), Babi (1ºT, 27') e por Leandro Carvalho (2ºT, 5'). O resultado deixa o Vovô com 23 pontos no meio da tabela, na 10ª posição, com uma sequência de cinco jogos invicto.

Ouça o CearáCast

O jogo

A 1ª etapa foi de muita movimentação mas com pouca qualidade. O Botafogo superou a crise fora de campo para se impor desde o minuto inicial, comandado pelo interino Flávio Tenius. Logo aos nove minutos, o meia Warley finalizou de fora da área, forçando grande defesa de Fernando Prass com os pés.

Aos 13 minutos, Bruno Pacheco derrubou Lecaros na entrada da área, e o árbitro foi à cabine de vídeo do VAR para análise. O pênalti foi assinalada e o japonês Honda bateu no canto esquerdo do gol, abrindo placar aos 15 minutos.

Legenda: Capitão Honda comemorando gol com companheiros
Foto: Vítor Silva/ BFR

Porém, a reação do Ceará não demorou. O time de Guto Ferreira aumentou a intensidade a partir do meio para ser mais agressivo contra a consistente marcação adversária.

Léo Chu arrancou pela intermediária e tocou para Cléber, pela esquerda. O camisa 89 puxou para a direita e finalizou de curva para igualar o placar, aos 22 minutos.

Legenda: Cléber voltou a marcar pelo Ceará
Foto: Israel Simonton / Ceará SC

A tranquilidade da equipe cearense durou pouco. Com liberdade pela direita, o meia Nazário cruzou para a área em direção a Babi, entre os zagueiros. O jovem camisa 11 cabeceou sem dificuldades para fazer o 2º do Glorioso aos 27.

O Vovô tentava se impor em busca da reação, mas sem sucesso, errando vários passes no terço final do campo.

O VAR foi novamente consultado em lance de toque no braço de Eduardo na entrada da área. O árbitro verificou o lance em vídeo e confirmou a penalidade. Na cobrança, Victor Luis chutou alto, isolando o pênalti aos 36 minutos.

A 2ª etapa começou mais agitada, com o Ceará igualando o placar logo aos cinco minutos com Leandro Carvalho, que entrou no lugar de Lima no intervalo. Vina tabelou com o camisa 80 no meio e o lançou pela direita da área para finalizar com a saída do goleiro, empatando a partida.

Legenda: Vina deu mais uma assistência no Campeonato
Foto: Vítor Silva/ BFR

O ritmo continuou frenético até os 25 minutos, quando as substituições paralisaram o duelo e os cartões foram distribuídos após diversas faltas e discussões com a arbitragem. No total, foram 11 cartões, sendo dois vermelhos, um deles para o capitão Luiz Otávio por deixar o braço no rosto de Caio Alexandre.

O próximo oponente do Ceará no Brasileiro é diante do Sport, às 20h30 de domingo (8), no Castelão. Antes, o time alvinegro volta ao gramado pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Santos, na quarta-feira (4), às 19h, também no campo da capital cearense.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte