Jovem tatuada à força com nome de ex-namorado no rosto diz que sofreu sessão de tortura

“Para mim, ele me matou por dentro", conta Thayane Calda em entrevista. Ela conseguiu fugir no último sábado (21)

Thayane Caldas
Legenda: Mulher tem rosto tatuado contra à vontade por ex-namorado em Taubaté
Foto: Reprodução TV Vanguarda

A jovem de 18 anos de Taubaté, São Paulo, que teve o rosto tatuado à força pelo ex-namorado, disse que passou por uma sessão de tortura, com agressões e ofensas. Thayane Calda contou ainda que era vítima de violência doméstica por parte de Gabriel Henrique Alves Coelho, que foi preso após a família da vítima denunciar o caso. As informações são do G1.

Ela afirmou que já tinha sido agredida outras vezes e, em duas delas, o ex já havia marcado seu nome com tatuagens no seio e na virilha da jovem.

“Logo depois das agressões, ele amarrou os meus dois braços e falou que ia tatuar meu rosto. Eu chorei, implorei. Eu pedi para ele não fazer isso porque ia destruir a minha vida e ela disse que faria mesmo assim. E enquanto eu gritava, ele me batia. Eu só vi a tatuagem pronta depois e só conseguia chorar”, conta.

A jovem conseguiu fugir da casa onde era mantida em cárcere no sábado (21) e com hematomas e a tatuagem cobrindo a lateral do rosto com o nome do ex-namorado. A mãe de Thayane procurou a polícia e ele foi preso por descumprimento de medida protetiva que a jovem já tinha contra ele.

“Para mim, ele me matou por dentro, acabou comigo com uma forma de me marcar e dizer que eu sou propriedade dele”, disse a vítima.

Agressor alega que tatuagem foi consentida

Na delegacia, o agressor apresentou um vídeo em que Thayane dizia permitir a tatuagem, alegando o consentimento da jovem. A versão é investigada pela Polícia.

O caso foi encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), que vai investigar. O agressor segue preso após passar por audiência de custódia.

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil