Sete alunos morrem na Bolívia após caírem de 4º andar de universidade

Estudantes realizavam protesto, quando um empurra-empurra começou e um parapeito cedeu

Parapeito cede
Legenda: Uma estudante ficou pendurada e foi salva pelos colegas
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Uma estrutura do 4º andar da Universidade Pública El Alto (UPEA), na Bolívia, cedeu e deixou pelo menos sete estudantes mortos. O acidente aconteceu nesta terça-feira (2) durante uma assembleia estudantil.  O acidente aconteceu nesta terça-feira (2) durante uma assembleia estudantil. 

A Polícia está investigando as circunstâncias da queda dos alunos. O presidente da Bolívia, Luis Arcre, lamentou a tragédia nas redes sociais. "Nossas mais sinceras condolências ao povo de El Alto e às famílias enlutadas. Aguardamos o pronto esclarecimento dos fatos", disse. 

Em vídeo do momento da queda, estudantes estavam aglomerados próximo a um parapeito de contenção quando um empurra-empurra generalizado começou e a estrutura não aguentou. Imagens mostram ainda um estudante que se salvou, caindo no terceiro andar. Outra estudante fica pendurada e é salva por colegas.

Balanço anterior do ministro do Governo (Interior), Eduardo del Castillo havia informado sobre cinco mortos e três feridos na Universidade Pública de El Alto (UPEA).

No entanto, ao entardecer, foi feita uma revisão dos casos, o que resultou no novo balanço divulgado pelo Ministério da Saúde. As idades dos falecidos e feridos variam de 20 a 24 anos.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo