Moradores usam canoas para se deslocarem após nível de rio subir em Medeiros Neto, na Bahia

Somente com o choveu na última sexta-feira (24), o nível do rio subiu um metro

Enchente em Medeiros Neto
Legenda: Moradores de Medeiros Neto estão usando canoas para se deslocar após o nível do Rio Itanhém subir
Foto: Reprodução / TV Bahia

Diversos municípios baianos continuam sofrendo os efeitos das fortes chuvas que caíram no Estado nos últimos dias. Segundo informações do G1, moradores de Medeiros Neto, no extremo-sul, estão usando canoas para se deslocar após o nível do Rio Itanhém subir.

As ruas da parte baixa da cidade foram as mais atingidas, conforme a prefeitura local. Somente com o que choveu na última sexta-feira (24), o nível do rio subiu um metro. Atualmente, o volume está quatro metros acima do nível normal.

Em Feira de Santana, as águas do canal subiram, no Conjunto Feira Cinco, causando enchente que atingiu várias vias. A Rua Aurilândia, no bairro Mangabeira, ficou completamente alagada.

Na Rua Professora Maria Nogueira de Pinho, em Conceição do Jacuípe, pessoas a pé tiveram dificuldade para atravessar alagamentos na última sexta-feira (24). 

Sem energia elétrica

Já a cidade de Pedrão, que fica 142 quilômetros de Salvador, ficou sem energia elétrica devido à chuva e aos ventos fortes.

Em Eunápolis, no extremo sul do estado, parte da pista cedeu na Rua São Bartolomeu, no bairro Santa Lúcia, e os moradores usaram enxadas para o escoamento da água. Ninguém ficou ferido.