Quatro pessoas são mortas a tiros em bairros de Chorozinho, na Grande Fortaleza

As vítimas foram assassinadas em ocorrências distintas

Imagem mostra viatura da Polícia Militar durante ocorrência de homicídio em Chorozinho, no Ceará
Legenda: A Polícia Militar informou ter reforçado o policiamento em Chorozinho depois dos quatro registros de homicídios do município
Foto: Rafaela Duarte

Duas mulheres, um homem e um adolescente foram executados a tiros nesta quarta-feira (29), em diferentes bairros do município de Chorozinho, na Região Metropolitana de Fortaleza. 

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, o primeiro caso foi um duplo homicídio registrado na manhã desta quarta-feira, em uma casa localizada no bairro Conjunto Irmã Alzira.

Na ocasião, Alexandrino Ribeiro de Freitas, de 28 anos, e uma mulher, ainda não identificada, foram atingidos por disparos de arma de fogo e morreram no local. Os dois moravam juntos. 

Peritos forenses e policiais militares estiveram na ocorrência e colheram indícios que auxiliarão os trabalhos investigativos. A Polícia Civil informou que a Delegacia Metropolitana de Chorozinho está apurando o caso para saber a motivação, identificar e prender os suspeitos. 

Adolescente morre e pai é baleado

O terceiro homicídio ocorreu algumas horas após a primeira ocorrência, durante a tarde, em frente a uma Unidade Básica de Saúde no bairro Sítio Retiro. 

Um adolescente de 17 anos acompanhava o pai na unidade de saúde quando foi atingido por vários disparos na cabeça. O pai da vítima também foi baleado e levado ao Hospital Municipal de Chorozinho. 

Não há informações sobre o quadro de saúde do pai do adolescente, bem como se os criminosos foram identificados ou presos e qual seria a motivação do crime. 

Conforme a Pefoce, a arma de fogo utilizada pelos criminosos foi uma pistola .40.  

Mulher alvejada na moto

Na noite desta quarta-feira (29), uma mulher identificada como Renata Soraia dos Santos Silva, de 35 anos, foi morta por disparos de arma de fogo no bairro Leirões, em Chorozinho.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima estava trafegando em uma moto quando foi alvejada. Renata Soraia tinha antecedentes criminais e era monitorada com tornozeleira eletrônica, segundo os agentes que atenderam a ocorrência.

Policiamento reforçado

A Polícia Militar informou ter reforçado o policiamento em Chorozinho depois dos quatro registros de homicídios do município.

Denúncias 

A  Secretaria da Segurança Pública orienta a população a contribuir com as investigações, repassando informações.

As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da SSPDS, ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. 

Independentemente da ocorrência, as informações podem ser encaminhadas para o telefone (85) 3319-1237, da Delegacia Metropolitana de Chorozinho. A Secretaria afirma garantir o sigilo e o anonimato.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança