PM prende homem por provocar incêndio no quintal da própria casa na Messejana

Suspeito foi autuado em flagrante por crime ambiental. Duas pessoas da vizinhança passaram mal após inalar a fumaça e foram levadas para uma unidade hospitalar

A Polícia Militar prendeu em flagrante um homem de 59 anos suspeito de atear fogo no quintal da própria casa na localidade de Conjunto Sítio São José, no bairro Messejana, em Fortaleza, na noite deste domingo (25). Duas pessoas da vizinhança passaram mal após inalar a fumaça e foram levadas para uma unidade hospitalar. O homem foi autuado por crime ambiental.

Quando a PM chegou chegou à residência, as chamas já atingiam a lateral da casa com chamas de aproximadamente três metros de altura. Messias Ribeiro dos Santos, 59 anos, confessou aos agentes que havia ateado fogo em galhos, folhas e mato no quintal da própria casa. A ação provocou uma grande fumaça que acordou os vizinhos, segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS),

Policiais militares, então, pediram que o suspeito apagasse o fogo. Os agentes e vizinhos ajudaram a debelar as chamas. Após acabar com o incêndio, os policiais conduziram o homem até o 30° Distrito Policial (DP).

Vizinhos também denunciaram que Messias Ribeiro já havia provocado outro incêndio anteriormente, e que eles pediram inúmeras vezes para que o suspeito apagasse as chamas antes que o incêndio ficasse mais grave, mas não foram atendidos.

Crime ambiental

O homem foi autuado em flagrante por causar poluição de qualquer natureza em níveis que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora, crime previsto no artigo 54 da lei (nº9605/98) dos crimes ambientais, com pena prevista de reclusão de um a quatro anos e multa.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança