Líder de facção em Sobral é morto durante confronto com a polícia

Conhecido como "Ninja", o suspeito reagiu com tiros a uma abordagem da PM e foi baleado na sequência

apreende PM
Legenda: Material apreendido na casa da vítima após a abordagem policial
Foto: Divulgação/PMCE

Um homem de 29 anos suspeito de comandar uma facção criminosa em Sobral, na Região Norte do Ceará, foi morto na manhã desta sexta-feira (5), durante confronto com policiais militares no residencial Jatobá I, no bairro Sinhá Sabóia. 

Marciel Soares Sousa, o “Ninja”, que possui histórico criminal por homicídios, teria reagido com disparos no momento em que a PM realizava uma abordagem de rotina no condomínio popular onde morava. 

Segundo o comandante do Batalhão 1ª Companhia do 3º Batalhão de Sobral, Tenente Pessoa, o suspeito fugiu do local onde a PM executava a ação “possivelmente para se armar”. 

“A narrativa dos policiais é essa, de que ele resistiu atirando contra a composição. Ele tentou fugir da viatura e entrou dentro de casa, e os policiais perseguiram. Ele reagiu e os policiais fizeram uma intervenção”, afirmou o militar. 

Ninja
Legenda: Marciel possuía passagens por homicídios, segundo a polícia
Foto: Divulgação/PMCE

Resgate

O homem foi socorrido à Santa Casa de Sobral, mas não resistiu aos ferimentos. Na casa dele, a polícia apreendeu um revólver, quatro munições intactas e uma baixa quantia em dinheiro. Dois comparsas da vítimas, sendo um homem e uma mulher, foram encaminhados à delegacia para prestar depoimento como testemunhas.

Ainda conforme o Tenente Pessoa, “Ninja” é apontado pelos moradores do residencial como chefe de um grupo criminoso. “A própria população de lá comentava muito a respeito dele, que ele estaria à frente de uma facção de Sobral", disse. 

O Diário do Nordeste solicitou nota à assessoria de comunicação da PM, e aguarda posicionamento. 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança