Fortaleza registra diminuição de 30,5% no número de crimes violentos em novembro

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública do Ceará, a retração dos índices também foi registrada, desde janeiro, em todo o Estado

Escrito por Redação,

Segurança
Polícia Militar em ocorrência de homicídio em Fortaleza, no Ceará
Legenda: Os casos englobam os homicídios dolosos/feminicídios, lesões corporais seguidas de morte e latrocínios
Foto: Helene Santos

Os Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) apresentaram redução de 30,5% em Fortaleza, em novembro deste ano. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública do Ceará (SSPDS), a retração dos índices também foi registrada, desde janeiro, em todo o Estado. 

Dados da Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) apontam que a Capital registrou 118 CVLIs em novembro do ano passado. No mesmo período, deste ano, a redução foi de 30,5%, indo para 82 ocorrências. Os casos englobam os homicídios dolosos/feminicídios, lesões corporais seguidas de morte e latrocínios.

No balanço do acumulado do ano, a cidade aparece no topo como a região com maior diminuição. Foram 1.141 crimes registrados de janeiro a novembro de 2020 contra 828 deste ano, com retração de 27,4%.

'Ações qualificadas'

Segundo o secretário da Segurança Pública, Sandro Caron, os números são frutos de várias ações qualificadas, prisões de pessoas envolvidas com esses crimes, investigações da Polícia Civil, além do aumento de operações preventivas e ostensivas realizadas pela Polícia Militar.

Região Metropolitana

Conforme a pasta, além de Fortaleza, o recuo também foi registrado na Região Metropolitana, onde houve uma redução de 28,7%, em novembro deste ano. Foram 94 mortes, em 2020, contra 67 de 2021.

Já no acumulado de janeiro a novembro de 2021, os CVLIs na RMF também apresentaram diminuição, quando os números caíram de 1.150 para 847, uma retração de 26,3%.

Estado

A instituição informou que também houve melhoria dos índices em todo o Ceará. Neste mês, o Estado alcançou uma redução de 16,9% nas mortes provocadas por crimes violentos. Indo de 343 mortes, em 2020, contra 285, em 2021.

No acumulado do ano, o Ceará saiu de 3.720 mortes para 3.027. O recuo das ocorrências foi de 18,6%, de acordo com o órgão.