Quatro pessoas morrem em queda de aeronave em São Benedito

Infectologista que contraiu Covid-19 estava sendo transferido de Sobral para Teresina, onde mora a família, e morreu no acidente

Legenda: Destroços da aeronave que caiu em São Benedito
Foto: VC Repórter

Quatro pessoas morreram na queda de uma aeronave de pequeno porte em São Benedito, na Serra da Ibiapaba, na noite desta sexta-feira (15). O bimotor caiu em uma mata entre os sítios Santa Tereza e Meio do Topo. Parte dos destroços pegou fogo no local. Não há informações sobre possíveis causas do acidente.

O avião retornava de Sobral para Teresina (PI), de onde era proveniente. O piloto veio para o Ceará na aeronave com dois profissionais de saúde para levar o infectologista Pedro José Ferreira de Meneses, que estava internado com Covid-19, para Teresina, onde morava a família dele, e, no retorno, aconteceu o acidente, de acordo com uma fonte que acompanhou a transferência. Meneses atendia no Hospital Regional (HRN), em Sobral.

Todos os ocupantes da aeronave morreram, de acordo com a empresa que prestava o serviço de UTI aérea, a  Top Line Táxi Aéreo. Estavam no bimotor, além de Meneses, o piloto, comandante Paulo César Magalhães Costa, Dr. Carlo Victor Rodrigues e Samara Aline Félix, da equipe médica que acompanhava o paciente.

Um funcionário do Hospital Municipal de São Benedito informou que, por volta de 19h30 desta sexta, populares ligaram informando sobre a queda. Três ambulâncias foram enviadas ao local, inclusive, uma UTI móvel. Unidades do Corpo de Bombeiros de Tianguá e de Sobral foram acionadas.

Empresa

A Top Line Táxi Aéreo informou, em nota, que ''imediatamente após receber a notícia, encaminhou uma equipe até o local e acionou os órgãos competentes para que as primeiras providências pudessem ser tomadas". "O compromisso, neste momento de profunda tristeza, é de prestar informações e assistência às famílias das vítimas e garantir que sejam asseguradas todas as medidas e protocolos investigativos em relação às causas do acidente, bem como transparência nas informações", diz o comunicado.

 

 


Categorias Relacionadas