Plantonistas de UTI para pacientes com Covid-19 recebem pizzas e mensagens de apoio em Sobral

Médicos, enfermeiras e técnicos de enfermagem que trabalhavam no plantão da Santa Casa de Misericórdia receberam a doação surpresa de um restaurante da cidade.

Legenda: Pizzas com mensagens de agradecimentos foram entregues durante o plantão dos profissionais
Foto: Foto: Arquivo pessoal

Profissionais da saúde de uma UTI para pacientes com a Covid-19 da Santa Casa de Misericórdia de Sobral, no Ceará, foram surpreendidos durante o plantão na noite desta quarta-feira (20) pelo envio de pizzas feito por um restaurante.

Junto com as caixas, havia cartas escritas à mão com mensagens de agradecimento pelo trabalho e dedicação dos profissionais na linha de fente do combate ao novo coronavírus. "A todos aqueles que dedicam suas vidas a cuidar de outras, que tem doses inesgotáveis de carinho e que são anjos sem asas. Obrigado pelo que têm feito pela sociedade, por toda dedicação, respeito e amor!", dizia uma das mensagens.

"Ficaram muito felizes, se sentiram reconhecidos, ninguém esperava. Até os pacientes ficaram felizes. Achei nobre a atitude, tinham várias pizzas e refrigerantes, com cartinha, mensagem escrita à mão", relatou o Dr. Mauro Rios, coordenador médico do hospital.

Segundo Rios, a rotina dos médicos, enfermerios e técnicos de enfermagem é bem intensa na unidade hospitalar, eles chegam a permanecer cerca de seis horas sem ir ao banheiro, beber água ou se alimentar.

Legenda: Cartas escritas à mão continham agradecimentos ao profissionais de saúde
Foto: Foto: Arquivo pessoal

Na hora do intervalo, eles precisam retirar todos os equipamentos de proteção utilizados na rotina de cuidados para acessar a área classificada como "limpa" do hospital, onde fazem as refeições.  O local para onde as pizzas e refrigerantes foram levados após passarem por desinfecção, disse o médico. 

Segundo Rios, a UTI do hospital está lotada e a maioria dos pacientes em estado crítico. Para ele, o trabalho feito pelos profissionais é "por amor" e "não por reconhecimento".

Pelo lado de quem fez a doação, o sentimento também é de gratidão aos profissionais que dedicam o máximo de tempo para salvar vidas. "Essa foi uma forma de agradecer e valorizar o trabalho de quem está se dedicando aos pacientes neste momento", afirmou Jhonny Farias, proprietário do restaurante.