Parque Nacional de Jericoacoara volta a poder receber visitantes após mais de cinco meses

Uma portaria do ICMBio com a autorização foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (8).

Legenda: O Parque Nacional de Jericoacoara foi criado em 2002 e tem área superior a oito mil hectares.
Foto: Gustavo Pellizzon

O Parque Nacional (Parna) de Jericoacoara, um dos principais atrativos turísticos do Ceará, no litoral Norte, volta a poder receber visitantes a partir deste sábado (8), segundo portaria publicada do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Desde 17 de março o Parna estava impossibilitado de receber visitantes por conta da pandemia de Covid-19.

Os visitantes, agências de turismo e prestadores de serviço devem seguir protocolos sanitários. Entre os pontos está a obrigatoriedade do uso de máscara de proteção facial “durante todo o período que estiver no interior do parque”. O município de Jijoca de Jericoacoara está na primeira semana de retomada econômica do Estado.

A Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara também autorizou, em decreto publicado no último sábado (1º), a retomada gradual das atividades na Vila de Jericoacoara. A medida passa a valer hoje (8). Restaurantes e barracas de praia irão funcionar com horário reduzido e público limitado a 50% da capacidade local.

“É um momento que todo mundo aqui esperava. Nosso Município foi o primeiro a fechar as portas para o turismo e agora,  depois de quase cinco meses, estamos reabrindo. É um momento de muita felicidade e muita cautela”, ressalta Ricardo Wagner, secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio ambiente do Município. 

“Esperamos que este turista comece a retornar a partir da liberação do Parque Nacional e também do decreto municipal”.

Para o retorno, mais de 600 pessoas estão sendo treinadas no reforço aos protocolos sanitários. “Esperamos que essa ação de cautela e prevenção seja feita por todos: moradores, turistas e empresários”, ressalta. “O turismo ainda deve demorar um pouco para alcançar aquele volume de antes da pandemia, mas já é uma alegria e injeção na economia”.

Pandemia

Jijoca de Jericoacoara soma 767 casos confirmados do novo coronavírus e nove óbitos, segundo boletim da Prefeitura divulgado nesta quinta-feira (6). Felizmente, 615 pessoas já se recuperaram da doença no Município. Em 1º de julho, a cidade somava 390 casos confirmados e cinco óbitos, 15 dias depois, 593 confirmações. Já no último dia do último mês (31), a cidade registrava 724 casos confirmados.

Evolução dos casos (Prefeitura):

  • 07.08: 767 confirmados e 9 óbitos
  • 31.07: 724 confirmados e 8 óbitos
  • 16.07: 593 confirmados e 7 óbitos⁣⁣⁣⁣⁣
  • 01.07: 390 confirmados e 5 óbitos

Segundo a plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde (Sesa) do Ceará, o Município tem, ainda, uma taxa de letalidade de 1,44, índice que aponta para a gravidade da doençaA média do Estado é de 4,27. O critério é utilizado pelo Estado na reabertura econômica. O Município também avalia que o índice, abaixo da média estadual, auxilia neste movimento de avanço na retomada gradativa. 

Exigência segundo portaria do ICMbio:

  • Uso obrigatório de máscara de proteção facial
  • Disponibilidade de álcool em gel 70% ou produto de higienização para as mãos nas estruturas abertas à visitação e nos transportes terrestres e aquaviários 
  • Equipamento de proteção individual usados em alguns atrativos deverão ser higienizados antes da reutilização
  • Manter ambientes bem ventilados, com janelas e portas abertas 
  • Higienização dos ambientes 
  • Remoção de jornais, revistas, panfletos e livros dos locais de comum acesso
  • Que seja priorizada a venda on-line de ingressos, serviços ou agendamentos
  • As filas filas devem ser organizadas para evitar aglomerações
  • Máquinas de débito e crédito devem estar fixas ou envelopadas com filme plástico e desinfetadas após cada uso
  • Para restaurantes, é preciso manter o distanciamento mínimo entre as mesas (2 metros) e cadeiras (1 metro)

Você tem interesse em receber mais conteúdo da região do Ceará?