Esburacada, trecho da Rodovia Padre Cícero em Caririaçu causa prejuízo aos motoristas

O trecho de 46,1 quilômetros que liga Caririaçu a Lavras da Mangabeira foi inaugurado há nove anos. Há pelo menos quatro, motoristas convivem com irregularidades na pista.

Legenda: A previsão é que a manutenção dos pavimentos seja concluída até o fim do mês.
Foto: Foto: Antonio Rodrigues

A Rodovia Padre Cícero, criada para encurtar em até 50 quilômetros a distância entre Juazeiro do Norte e Fortaleza, foi um dos grandes avanços da malha viária cearense. Porém, o trecho da CE-395, ligando Caririaçu até o entroncamento da BR-230, em Lavras da Mangabeira, inaugurado há nove anos, vai na contramão dessa facilidade de fluxo entre o interior e a capital. Com muitos buracos, ao invés de facilitar a tráfego, tem trazido prejuízo aos motoristas.  

A reivindicação pela pavimentação rodovia estadual sempre foi antiga, principalmente para favorecer o fluxo da produção agrícola. As obras tiveram início em 2009 e, após 540 dias, foram entregues os 46,1 quilômetros de trecho completamente em camada asfáltica. Na época, o investimento foi de R$ 38 milhões.  

A equipe do Sistema Verdes Mares esteve, nesta semana, visitando a rodovia e constatou os buracos na pista. Em certos trechos, os obstáculos oferecem risco à segurança, pois se apresentam em curvas e tomam uma parte inteira das vias. Os veículos são obrigados a diminuírem a velocidade, o que torna a viagem ainda mais perigosa.  

De acordo com o motorista paraibano Jardel Campos, que frequentemente utiliza a rodovia para chegar ao seu Estado, as dificuldades estão evidenciadas há, pelo menos, quatro anos. “Sempre faço esse percurso, porque trabalhava em Juazeiro e morava na Paraíba. Sempre existiram esses buracos. Já perdi pneus”, garante.  

Prazo de finalização

Ele chegou a presenciar operações “tapa-buraco” para recuperar a rodovia, mas nunca sentiu efetividade. “Sempre era um serviço ‘meia boca’. Com duas ou três chuvas, a camada saia novamente por ser um remendo com uma qualidade muito frágil. E isso gera prejuízo pra gente”, completa Jardel.  

Em nota, a Superintendência de Obras Públicas (SOP) informou que está com duas equipes realizando serviços de manutenção no trecho. A previsão é que os trabalhos sejam concluídos até o fim do mês. 

A Rodovia Padre Cícero é um conjunto de várias rodovias, estaduais e federais, que ligam Fortaleza a Juazeiro do Norte. A partir de Quixadá, o condutor tem duas opões: seguir pela BR-116 ou continuar pela CE-060, pegando o primeiro trajeto, que liga Banabuiú a Solonópole.  

Você tem interesse em receber mais conteúdo da região do Ceará?