Decreto autoriza e VLT do Cariri volta a funcionar na próxima quarta-feira (16)

O transporte sobre trilho no Cariri foi suspenso dia 21 de março, como medida para reduzir o fluxo de pessoas no período mais crítico da pandemia

metro cariri
Legenda: Assim como nos demais equipamentos metroviários do Ceará, para voltar a funcionar, o VLT do Cariri terá que seguir protocolos de biossegurança

O Metrô do Cariri que faz a ligação entre os municípios do Crato e Juazeiro do Norte, no Ceará, voltará a funcionar a partir do dia 16 de setembro. O modal cuja atividade estava suspensa devido à pandemia foi autorizado pelo decreto estadual 33.737/2020, publicado no dia 12 de setembro de 2020, a retornar a operação na próxima semana. 

A norma enfatiza que essa retomada deverá seguir "todas as medidas sanitárias específicas para a atividade". A assessoria da Companhia Cearense de Transportes Metropolitânos (Metrofor) confirma o retorno da operação. 

Assim como nos demais equipamentos metroviários, para voltar a funcionar o VLT do Cariri terá que seguir protocolos de biossegurança para proteção de funcionários e passageiros. Dentre as obrigações estão: o uso de máscaras e a manutenção do distanciamento social. Além disso, os trens e as estações devem passar rotineiramente por higienização. Os assentos também deverão ser marcados deixando algumas cadeiras livres, para evitar proximidade entre os usuários. 

O metrô do Cariri tem 13,6 km de extensão e passa por 9 estações. Em Juazeiro do Norte, o transporte corta os bairros Fátima, São Miguel, Salesiano e São José. Já no Crato passa pelos bairros Gizella Pinheiro, São Miguel, Muriti e São José. A tarifa custa R$ 1,00 a inteira e R$ 0,50 a meia. 

Em Sobral, o VLT da Região Norte do Ceará, voltou a operar no ínicio de agosto. O VLT de Sobral e o do Cariri foram  suspensos em 21 de março, como medida para reduzir o fluxo de pessoas no período mais crítico da pandemia de Covid-19 no Ceará. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará