Corrida de cavalo clandestina gera aglomeração no Interior do Ceará

A prática foi registrada por moradores, em Catunda, no Noroeste do Estado

Moradores registraram uma corrida de cavalo clandestina no município de Catunda, no Interior do Ceará. O evento, que descumpre o que está previsto no decreto estadual de isolamento social, ocorreu na tarde deste sábado (27). 

Conforme relato de um morador que preferiu não se identificar, a prática tem sido recorrente mesmo durante a pandemia. Nas imagens, é possível observar os apostadores reunidos. Muitos deles não utilizam máscara de proteção e não mantêm o distanciamento.

A prática é permitida no Brasil, mas somente as entidades autorizadas a funcionar poderão realizar as competições. Além disto, há um conjunto de regras para as apostas e proteção do animal. 

Em nota, a Prefeitura de Catunda informou que segue o decreto estadual e que a fiscalização das medidas ocorre em conjunto com a polícia local.

“Informamos, ainda, que só tomamos conhecimento do citado evento após a sua realização, através de vídeos de populares, publicados nas redes sociais. Tratou-se de um evento clandestino e, segundo informações de populares, aconteceu por volta de 14h, fora do horário de costume antes da pandemia, com curta duração, em torno de 15 a 20 minutos”, disse. 

O município lamentou o ocorrido e afirmou que vai apurar os fatos para identificar os responsáveis.

A Polícia Militar do Ceará (PMCE) informou que recebeu uma denúncia anônima sobre o evento, mas não chegou a tempo. 

"De imediato, a composição de Força Tática (FT) da 3ª Companhia do 7º Batalhão da PMCE se dirigiu ao local apontado, próximo a um bar o qual não estava em funcionamento, e não constatou a presença de ninguém e nenhuma movimentação estranha. Portanto, a ocorrência foi finalizada sem alteração", disse. 

 
Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará

Assuntos Relacionados