Antiga estação de trem do Iguatu tem novo princípio de incêndio

O prédio foi parcialmente destruído no último dia 6 de outubro e o fogo consumiu todo o material decorativos de eventos culturais

Iguatu
Legenda: Antiga estação de trem de Iguatu
Foto: VC Repórter

Um mês após o fogo destruir parte de um dos prédios da antiga estação ferroviária de Iguatu e queimar todo o material de decoração de eventos da Secretaria de Cultura, um princípio de incêndio foi contido na manhã deste domingo (8) por uma equipe do Corpo de Bombeiros, no mesmo local.

O fogo começou por volta das 11 horas. O coordenador do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), Jackson Barbosa, contou que “ia passando no local em uma viatura, quando percebi as chamas e imediatamente acionei o Corpo de Bombeiros”.

De acordo com a guarnição dos Bombeiros que combateu o fogo, uma das janelas do prédio foi arrombada. Uma testemunha contou ao coordenador do Demutran que viu dois homens “correndo em seguida em direção ao bairro Santo Antônio”.  

A Polícia Civil de Iguatu investiga o primeiro incêndio na antiga estação ferroviária de Iguatu. “Estamos aguardando resultado da perícia”, disse o delegado regional de Polícia Civil, Marcos Sandro de Lira.  

iguatu
Legenda: Bombeiros combatem novo foco de incêndio
Foto: VC Repórter

O imóvel abrigava acervo da secretaria de Cultura de eventos do Natal de Luz, Paixão de Cristo e São João Popular - material plástico, lâmpadas e fios, painéis e alegorias. Os Bombeiros apontaram indício de fogo criminoso e o prejuízo foi estimado pela secretaria de Cultura em R$ 900 mil

A antiga estação de trem de Iguatu foi inaugurada em 1910 e é formada por dois imóveis principais. O fogo consumiu o segundo, onde funcionava no passado o setor administrativo da Companhia Ferroviária do Nordeste. O primeiro prédio que abrigava a estação de passageiros foi preservado.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará