Combate à fome nos governos do PT e de Bolsonaro gera embate entre deputados no Ceará

Sessão da Assembleia Itinerante ocorreu em Icó e teve debates acalorados entre parlamentares

Sessão da Assembleia Itinerante em Icó nesta quinta-feira (21)
Legenda: Sessão da Assembleia Itinerante em Icó nesta quinta-feira (21)
Foto: Junior Pio / AL-CE

Deputados estaduais cearenses utilizaram parte da sessão itinerante da Assembleia Legislativa em Icó, no Vale do Salgado, nesta quinta-feira (21), como palco para debate sobre o combate à fome no Brasil entre representantes do PT e apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 

Entre vaias e aplausos dos que acompanhavam os trabalhos, os parlamentares se intercalavam entre críticas e elogios aos governos anteriores do PT e ao atual presidente. 

Os embates ocorreram entre os deputados Delegado Cavalcante (PTB), Fernando Santana e Elmano Freitas, ambos do PT, com discursos em momentos diferentes.

Combate à fome

Delegado Cavalcante criticou a conduta dos governos do PT. "Se tivesse continuado os governos anteriores, o Brasil hoje estava pior que a Venezuela, estávamos comendo carne de cachorro, em uma ditadura perigosíssima", atacou, gerando protestos da plateia.

Durante a fala, pessoas que assistiam à sessão se manifestaram contra e a favor do deputado. O deputado Júlio César (Cidadania), líder do Governo na Assembleia, abriu questão de ordem e pediu que não houvesse manifestações nas galerias. A questão foi acatada pelo presidente Evandro Leitão (PDT). 

O deputado ainda defendeu o presidente Bolsonaro das acusações de crimes no relatório da CPI da Covid, no Senado Federal. "Ele não cometeu nenhum. Nunca matou ninguém. E eu defendo ele porque sou um cara correto", disse o parlamentar bolsonarista. 

Em seguida, Fernando Santana saiu em defesa do governador Camilo Santana (PT) e atribuiu avanços na política em defesa dos mais pobres aos governos do Partido dos Trabalhadores.

"Primeiro, dizer que quando o PT governou o Brasil, o Brasil era mais feliz e comia muito bem", disse o parlamentar, que é vice-presidente da Assembleia. "O governador não conseguiu comprar vacinar na época que solicitou porque o Governo Federal não deixou", mencionou ainda. 

Líder do da bancada do PT, Elmano Freitas também saiu em defesa do partido. 

"Nossa visão é muito diferente do que foi apresentado pelo deputado Bolsonarista [...], peço a vocês que possam ir ao posto de gasolina e lá vocês vão ver que a gasolina está R$ 7,00 e não R$ 2,60 quando era o (ex-presidente) Lula", disse o parlamentar. 

Assembleia Itinerante 

A Assembleia Itinerante é uma iniciativa do Poder Legislativo para levar as atividades da Casa ao interior do Estado, descentralizando as decisões que acontecem na sede do Parlamento cearense.

A proposta, segundo o deputado Evandro Leitão (PDT), foi “agregar à Assembleia Itinerante duas ações que consideramos de extrema importância para os cidadãos e cidadãs da região, além da sessão plenária, uma feira de serviços e um festival cultural”.

A primeira edição da Assembleia Itinerante foi em Itapipoca, no mês de setembro, e esta segunda edição foi realizada em Icó.