Após Evandro Leitão, Mauro Filho também retira pré-candidatura ao Governo do Ceará pelo PDT

Com a saída de Mauro e Evandro Leitão do cenário, a disputa se acirra ainda mais em torno dos nomes de Roberto Cláudio e Izolda Cela

Escrito por Alessandra Castro, alessandra.castro@svm.com.br

PontoPoder
Mauro Filho
Legenda: Mauro Filho defendeu que se busque acordo entre pré-candidatos que permanecem
Foto: Thiago Gadelha

O deputado federal Mauro Filho (PDT) retirou, na tarde desta segunda-feira (18), sua pré-candidatura pelo partido ao Governo do Estado. A renúncia ocorre em um momento de acirramento entre as pré-candidaturas da governadora Izolda Cela e do ex-prefeito Roberto Cláudio.

Mais cedo, o presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão, foi o primeiro dos quatro pré-candidatos a abrir mão da disputa.

"Informo ao povo cearense que retiro meu nome entre os pré-candidatos ao Governo do Ceará pelo PDT, na busca de um acordo que ainda possa ser alcançado entre os pré-candidatos para que o nosso estado continue no caminho certo"
Mauro Filho
Deputado Federal

Encontro

O diretório do PDT no Ceará está reunido na sede do partido, em Fortaleza, para decidir quem será o pré-candidato a ser homologado na convenção partidária da legenda, marcada para ocorrer no próximo dia 24. O encontro ocorre após o acirramento da crise em torno das pré-candidaturas da governadora Izolda e do ex-prefeito Roberto Cláudio. Os dois, inclusive, já chegaram ao local para aguardar a decisão.

Ao todo, 84 correligionários fazem parte do diretório e têm direito a votar, caso não haja um consenso sobre quem deve ser o representante do grupo na disputa pelo Governo do Estado.

Ao chegar ao local, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, voltou a defender o nome de Roberto Cláudio. "É uma pessoa que tem qualidades e tem preparo, mas isso não quer dizer que a Izolda não tenha. É uma opção minha, cada um de nós tem direito a ter sua opinião", declarou.

Na ocasião, o deputado federal Idilvan Alencar saiu em defesa de Izolda. Para ele, a declaração do prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PDT), à coluna de Inácio Aguiar, nesta segunda, corrobora sua decisão. Ivo respaldou o nome de Izolda na disputa e disse que seu irmão Cid Gomes pensa da mesma forma.

"Na última reunião se falava muito 'queremos a opinião do Cid'. E está aí a opinião: Izolda, mulher, governadora, que está na cadeira. Isso muda completamente o contexto. Estamos confiantes na inteligência das pessoas e manutenção da aliança", frisou Idilvan Alencar.